Imagens

Não queríamos sair dali, por nada!

Eu não queria sair dali por nada ….

Fechei os olhos, uma e outra vez, para continuar …
Soltei os movimentos do corpo a despertar do sono mas não do sonho!
Virei-me para ti e vi-te dormir …
Sereno e de sorriso nos lábios ! Continuar a lerNão queríamos sair dali, por nada!

Palavras sentidas.

Uso e gasto palavras …
tão pouca gente vive de palavras e sentimentos e eu teimosa , continuo a esbanjar-las…

Queria poder usá-las, olhando os teus olhos e vê las entrar … em ti!
Ver que as sentias , que as lias , tal qual me surgem no pensamento …. para ti !

Às vezes penso , que esta falta de ti, fez-se sentir na melhor altura!

Nos últimos anos ,sentia-me “despreparada”, dizia eu …
desculpas e mania minha de achar que não conseguia voltar aceder a um sentimento que há muito me foi proibido!
Mas agora que sinto , agora que o tenho,
agora que queima e cresce cá dentro , agora que não controlo todas as sensações que me dá…
… as que me doem pela falta e saudade …
… as que me despertam a magia das borboletas e da vontade de Amar …

E agora ??!….

©My Sighs 2017 #69Letras

Pescado como um sacana

Mantenho-me preso como um peixe em volta do isco..
Hipnotizado pelo brilho
do engodo que reluz na penumbra.
Vontades alimentadas pelos teus dizeres…
Pelos teus quentes acordares…
Os meus dedos anseiam sentir a leveza da tua pele despida de pêlos…
Ali onde a humidade se confunde com o calor…
Mordo os lábios com a ânsia de chupar os teus
Como se o anzol soubesse a prazer…
As tuas coxas feitas para serem afastadas…
Gemeres teus que soam a chamamento…
Uma verdadeira sereia com um rabo desprovido de escamas…
Convidativo ao meu paladar…

©Read Mymind 2017 #69Letras

O teu corpo nu…

Espera…
Não te movas!!!
Permanece assim…
Deitada…
O teu corpo nu que perfuma os lençóis…
Sim! Continuar a lerO teu corpo nu…

A rua da minha vida

Caminhas meio dormente pelas
ruas molhadas.
Sentindo as dores da vida…
A calçada de piso disforme ,ajuda a lembrar as tropelias e falta
de recato que deste ao corpo.
O vento que carrega o ar frio e te faz semicerrar os olhos… Continuar a lerA rua da minha vida

Senti…Sem ti!

Sinto-me um cobarde, só…derrotado pelo destino…(sem ti)
Na (in)certeza de sentir (sem ti…)
Na (in)certeza de viver (sem ti…)
Dou comigo rodeado de muitas pessoas…mas incrivelmente só…
(Sobre)vivendo à tua ausência
Escrevo mentalmente centenas de parágrafos, numa orgia de letras e sentidos. Confesso vontades, sobre a forma de pedidos de clemencia…para diminuir a solidão…! Suplico por mais um pouco de ti…só mais um pouco…! Peço pouco….mas sou ganancioso de mais….porque realmente quero é tudo!
Um querer não de posse ostensiva…mas de necessidade oculta…de fome…
Faminto do teu corpo, sequioso da tua alma…
Consumido pelo teu olhar…senti…
Sem ti…..senti a impotência…a dor da ausência…
Sem ti… senti…

palavrasquequeimam  2017 #69Letras

Q de quero mais!

A invasão profunda que dominou o meu corpo a minha racionalidade e domínio. O olhar que nos levou ao beijo ao amasso e que beijos e que amassos. Queríamos mais precisávamos demais. Mas nos dias seguintes apenas trocavamos conversas confidências e a curiosidade mútua de sabermos mais e mais um do outro. O medo invadia a minha mente mas o desejo era cada vez maior. Um dia cedemos ao desejo as tuas mãos inflamaram o meu corpo a tua boca foi chama que acendeu a loucura, entre beijos e carícias mesmo vestidos arranjamos maneira de encaixamos um no outro e entraste em mim dominando-me com uma intensidade tamanha quase indescritível. Saciaste a minha fome mas deixando um Q de quero mais… mesmo como gosto! Atiçaste a minha imaginação! Claro que ouve mais… Saudades sempre. Dá-me mais por favor!

💋Alrak