Sinto-me uma rebelde…

Essa fúria toda… porque a tens? Pior… porque é que eu a quero? Não sei se é a fúria que quero ou se te quero a ti com essa fúria toda. Sim, certa que te quero a ti com essa fúria toda. Bem em cima de mim. De mãos cravadas em mim. Tu bem dentro…