Arquivo de etiquetas: vidas

Coração aberto, mente bloqueada

Podes bloquear a mente
Mas o teu coração não bloqueia
Segue em frente,
Sem querer saber das consequências,
Abraça toda a felicidade
Que lhe bate à porta.
Vive cada batida que 
escorre pelas veias
Faz pulsar cada ponto do teu corpo
entorpece a tua mente,
induz-te a obedece-lo 
E tu, que fazes?…..
Rendeste ao inevitável,
Rendeste ao doce que é amar
Flutuas nas nuvens como se fosse um sonho
A tua mente tenta alertar-te,
dos perigos, dos sinais,
Mas tu, deixas passar tudo ao lado,
porque não queres amar na dúvida,
Queres a certeza de que aquilo 
pelo que estás a passar 
é verdadeiro,
Que podes ser feliz,
bloqueias a mente,
deixas o teu coração comandar
Soltas um sorriso de felicidade,
Sim,
Hoje, Agora
És Feliz!!!!
Lola 2017 #69Letras

Raizes

Cada vez mais sinto-me enraizada, 
Presa ao solo da tua alma,
Sinto o latejar das minhas veias no teu coração
Sinto o pulsar do nosso sangue misturado.
Uma mistura de raízes, de histórias diferentes,
mas que se completam na perfeição.
O tempo fez das nossas raízes trepadeiras
impossíveis de destruir, 
O ressoar dos nossos corações sobrepõe o som
de qualquer motor,
A velocidade com que nos amamos ultrapassa
qualquer barreira de som,
Gritamos. Sim!
Gritamos de felicidade cada dia que sentimos 
mais uma raiz a nascer, mais uma etapa
a vencer e solidificar o que construímos
Estamos enraizados, presos a um amor
que resiste a tudo e a todos.
©Lola 2017 #69Letras

Perfeição

Tu!,
Preocupas-te tanto com a beleza exterior,
com o olhar perfeito, os lábios bem torneados,
um corpo sedutor,
agarras-te a algo que com o passar do tempo
desaparece.
Singeste só a um icon, o teu prazer carnal
Mas será que consegues sobreviver só com isso?
Pulas de um canto a outro em busca somente dessa perfeição?
E o Amor, a Paixão!
Onde é que encaixas estes dois icones, estas duas essências
necessárias à tua existência
Serás assim tão cego, que não enxergues para além?
Será que o valor carnal supera o valor sentimental?
Consegues viver só dos prazeres carnais, sem amar?
Conseguirás sobreviver?
Lola 2017 #69Letras

Contornos

O teu olhar delicia-se com os contornos do meu corpo,
mas será só isso que serei para ti.
Um contorno, uma sombra,
Para ser admirada quando o sol brilha
e esquecida quando a chuva chega.
O que procuras!!
Algo para admirares ou algo que possas usufruir
do seu interior e ser tua companhia para a vida toda.
Diz-me!!
Diz-me que não sou sazonal, 
Alguém de que te lembras só
quando as tuas necessidades apertam.
Se sou mais um desenho na página 
do teu livro da vida,
Então não quero que me desenhes.
Não quero que aprecies arte,
só para poderes dizer que possuis.
©Lola 2017 #69Letras

Foto

Pela objectiva da minha máquina imortalizo cada momento, cada vida.
Retrato cada olhar, cada gesto numa película
Momentos que irão ficar sempre na memória,
Serão apreciados por várias gerações.
Mas são momentos de desconhecidos.
E os meus momentos?
Por que objectiva vou gravá-los?
Quem poderá ve-los? 
Se os mesmos se encontram trancados a sete chaves na minha memória.
Mas gostava que…
Gostava que um dia pudesses ver,
Ver o quanto sonhei,
O que consegui atingir, quem amei
Com quem partilhei e partilho os meus segundos.
Se por breves minutos pudesses
Ver pela objectiva da minha mente….
©Lola #69Letras

A minha vida é um Acidente…

Tu és um acidente em vias de acontecer…
Sempre que olho para ti, não sei a razão,
mas tropeço em algo quando te tento chegar….
Amolga-me os sentidos…
O coração tem aqueles momentos em que o ar falta, a pulsação fica a mil….
E a vontade, nem quero pensar nas vontades….
As vontades que tenho em chocar no teu corpo….
Sentir os teus mamilos rosados nos meus lábios, os meus dedos que anseiam pelo acidente com o teu clitóris húmido, quente
Aquelas sensações que me fazem trepar pelas paredes, e quando te sorvo o sexo, penso nas reacções em cadeia, nos gemidos que assombram o quarto vazio,
O eco gritante num momento delicioso, mesmo quando me puxas e me acolhes,
quando esguiamente te enrolas no meu corpo puxando-me para ti….
Aqueles movimentos esguios do teu corpo que me fazem consumir-te a carne, o prazer, a tesão, e o acidente que vai acontecer, depois de tantas investidas em que sou prisioneiro das tuas pernas, dos teus beijos, dos teus suspiros, dos gemidos que me enlouquecem….

“Não pares, não pares, continua, mais forte, não pares, não pares”….

Acidente…. Tu és….
Um acidente em vias de acontecer, tu reviraste a minha vida, a minha vida era….
Perfeita até apareceres….
Agora a minha vida é…. Um acidente….
Eu quero ter…. Um acidente…. Contigo…. Vens?
©NMaufeitio 2017 #69Letras

1 000 coisas

Poderia te dizer mil coisas,
mas o som da voz desvanece
e com o tempo o cérebro esquece.

Continuar a ler1 000 coisas