Arquivo de etiquetas: vida

No meu peito… apenas uma cor o veste.

0628f2b18788b355879660168939fb9c

Li por aí que a cor preta absorve todos os raios luminosos e que não reflecte nenhum.
Até pode ser, mas o tom da tua pele, faz engrandecer a minha pele branca.
A minha pele pálida, ganha vida e calor quando misturada com a tua. Tu fazes emergir beleza à minha pele, tu tornas-me bela quando me rodeias com a tua cor de verão!
Nas tuas mãos, sou uma pequena pérola branca, que acresce valor sob o contraste da tua pele.
Tu libertas a minha luz, e tu, és a excepção do que se diz, pois vejo na tua pele o reflexo da minha luz!
A tua pele, é das peles mais belas que alguma vez tive o prazer de tocar.
Toco-te como se eu fosse a tua criadora. Como se das minhas mãos a tua silhueta tivesse resultado. Percorro o teu corpo, e admiro a tua textura… textura de seda, que brilha sobre o meu olhar… Provo cada pedaço de ti…. sabor doce que lava a pele, e eu deleito-me, sugando o teu aroma nos meus lábios de pérola branca.
No meu peito… apenas uma cor o veste.
O meu coração veste o tom da pérola negra.

Eu e tu somos vida…!

18c7f63b894ed34c1dd832f17be688a3

Nos teus braços, o mundo sou eu e tu.
Eu e tu, é outra vida.
É brilho nos olhos
Sorrisos sinceros
Faíscas na pele.
As roupas? Essas estorvam a comunicação entre as almas!
As pessoas? Distraem a nossa cumplicidade.
É no nosso quarto que a nossa pele festeja e a nossa alma descansa.
Na nossa cama, o tempo não nos ganha e amamo-nos sem.pressa.
Amamo-nos em
Conversas
Brincadeiras
Sexo
Conchinha.
Nos nossos lençóis os nossos corpos esgotam-se antes do desejo que só tende a aumentar.
Entrelaçados num nó invisível os olhos fecham-se mas o sorriso mantém-se… E dentro do meu peito, tu ganhas lugar.

Gosto de escrever e de me inventar no papel.

12191450_1514398048877736_7596746554674212107_n

O que sou, quem sou, poucos o sabem e confesso nem eu mesma o saber.
O que sei, é que dentro de mim existe um mundo ilimitado de personalidades e de quereres.
Não sei o que quero ou quem sou.
Enquanto não o sei, sou tudo o que escrevo e tenho tudo o que invento.
Quando me apetece, posso ser uma mulher apaixonada. Esta mulher é amável, atenciosa, presente, prepara pic-nics, veste cores claras e acredita no amor para toda a vida. Ela espera pacientemente pela chegada do seu principe, e até posso imaginar esse momento. Ele surge diante de si entre a multidão a sorrir como se ela fosse o tesouro mais raro do mundo, e num abraço ela tem a certeza que é o seu mais que tudo.
Outras vezes,
Posso ser uma conquistadora mortal, onde a minha mente instiga e prende, e no meu corpo corre o sangue de Vênus que leva à loucura os homens que tropeçam nos meus saltos. Esta mulher sente cada noite de paixão que vive. Noites de verão eternas na memória de quem esbarra com ela.
Quando escrevo, tanto um amor para toda a vida ou noites num quarto de hotel enchem-me o peito.
A liberdade que a minha caneta me dá é momentânea, mas enquanto não me descubro, esta realidade traz brilho ao meu olhar.
O que eu hoje não sei de mim, descobrirei, amanhã.
Até lá,
Vivo o que escrevo. Risco e apago o que escrevo. Escrevo e vivo. Vivo e apago ou risco por cima.
A liberdade deste corpo e desta mente pertence-Me e os rabiscos da minha vida são o alimento de tudo o que escrevo.

Ontem conheci alguém.

image

Ontem conheci alguém.

Na verdade muitas mulheres novas entraram na minha vida nos últimos tempos.
Mas ontem, 6 anos depois de tu teres entrado e devastado a minha vida, conheci alguém.

Sinto-me como se estivesse a voltar à vida depois de um coma profundo, que foste tu.

A euforia, a excitação, a adrenalina voltaram a tomar conta de mim.
Podes achar irrelevante… Mas ontem conheci alguém!

KingOfMysteries #69Letras

Meu Deus, juro que nem sou religioso, mas puseste bem os olhos no brilho desta mulher??

Sinto-me vivo.

Eu que tinha jurado a mim mesmo não deixar mais ninguém entrar pela minha vida dentro.
Enquanto esperava por ti não fazia ideia no que me estava a meter, no furacão que aí vinha.

Meu Deus, eu que nem sou religioso, puseste bem os olhos nela?

Ao tempo que a minha alma não olhava para ninguém com tanto encanto, pensei até que me tivesse abandonado.

Meu Deus, juro que nem sou religioso, mas puseste bem os olhos no brilho desta mulher??

Perdi-me no seu sorriso… Voltei a mim na suavidade da sua pele morena.
Ainda estou meio tolo…

Perdi-me no tempo ontem, por favor deixem-me estar!

KingOfMysteries #69Letras

destino prega-nos algumas surpresas para as quais não estamos preparados

image

Todos dizem “ EU, NUNCA!!!!”, pois é, nunca podem dizer que desta água não beberei, pois a vida leva-nos a dar muita volta e por caminhos que nós sempre pensamos não percorrer.

Tudo ao princípio parece correr na perfeição, tens uma casa, emprego e alguém com quem podes partilhar a tua vida. Como em todos os casamentos há altos e baixos, mas consegues ultrapassar essas barreiras. Até que…. Aparece-te outro desafio, mais ousado, mais exigente e descobres que vais ser Mãe!!!!!!, Uma sensação espectacular, sentires crescer dentro de ti alguém que irá depender do teu sorriso, do teu abraço, do teu carinho, compreensão pois não se sabe ainda expressar. Os anos vão passando e, vais vendo o teu casamento a ultrapassar todas as adversidades, vês a tua semente a crescer e a tomar formas, e pensas….estou a ser bem sucedida. Fico contente.

Mas…. O destino prega-nos algumas surpresas para as quais não estamos preparados, a vida estável que pensavas poder ter, começa a desmoronar se aos poucos. Começa tudo com o emprego, reajustes no pessoal. Olhas para ti e pensas, já passaste a idade “jovem” para emprego que vais fazer?

Como não és pessoa de te ir a baixo, procuras. Tentas procurar algo que te dê estabilidade financeira como a que tinhas, mas… a realidade é bem crua, não podes ter o que tinhas. Então quais as oportunidades que o presente te dá, tentares arranjar dois empregos. Fixe!! Mas… os valores não chegam, mesmo tendo o parceiro a ajudar.
Os filhos chegam a uma certa idade e, as “exigências” deles são superiores, mas a culpa não são deles, mas sim da sociedade em que vivemos.

Procuras todas as formas possíveis e imaginárias para poderes colmatar as faltas de que precisas, para conseguires a estabilidade que precisas. Mas qual a forma mais fácil? O que poderás fazer para poderes ter mais algum extra financeiro?

Arranjar outro emprego está fora de questão, o teu horário já não o permite. Pensas…Pensas… e… nada.

Mal ou bem tentas endireitar a vida.Tudo aparenta ser um mar de rosas, mas os espinhos nunca desaparecem. Qual não é o teu espanto que passado uns largos meses, tem a seguinte noticia -“Desculpa, mas com esta crise, temos de fazer economia de escalas.” – Fod@-se!!

Nova procura, mas nada…, Ele lá em cima esta me a fechar portas, as janelas abertas são poucas, mas não esmureço. Sei que Ele não me vai desamparar.

Uma partilha de uma Anonima

?A vizinha #69Letras

Como se volta à vida quando parte de nós nos abandona?

 

Eu não acreditava na vida depois da morte… No inferno…
Mas depois de ti…

Aprendi que ninguém sai de um amor com vida.

É óbvio que estou vivo, respiro, o meu corpo move-se dia após dia…
Mas a minha alma, o meu brilho, o meu lado de menino apaixonado, o meu encanto…
Levaste contigo no dia em que me deixaste.
Habito agora um corpo apático que outrora transpirava emoções…
Sobrevivo neste inferno que é não te ter e eu não chamo isto de estar vivo.

Como se volta à vida quando parte de nós nos abandona?

A falta que tu me fazes, ninguém faz.
A paz que tu me trazes, ninguém traz.
As saudades com que tu me deixas, ninguém deixa.

KingOfMysteries #69Letras