Malditas borboletas

Devo ser estranha eu, nunca senti as ditas cujas. Começo a achar que com a minha idade já devia ter passado por isso, senti muita coisa mas borboletas não. Tremi um pouco as perninhas, mexi no meu cabelo porque não conseguia disfarçar o nervoso miudinho nas mãos, mordi o meu lábio mas nada de borboletas….

Refém

Sinto me refém, Refém dos meus sentimentos Do teu amor, Todos os segundos, minutos Respiro-te Cada silhueta, cada palavra que veja ou oiça Tudo me lembra de ti. Sabias que não iria resistir à tua forma de ser Fizeste-me tua refém propositadamente Nåo gosto se ficar viciada, dependente Mas conseguiste. Viciei-me no teu corpo, No…

Meu achado

Lembro-me de estar a falar contigo enquanto saboreavas o café que te sugeri e de não acreditar que estavas ali, eras real, e me fazias sorrir com a tua voz tanto quanto com as tuas palavras, essas que haviam mantido os dias anteriores deveras interessantes. Se cheguei ali sem expectativas, os primeiros cinco minutos elevaram-nas…

Porque no tempo certo…

Porque no tempo certo, Rasgas o meu céu e inundas o meu mundo. Sempre no teu tempo, Sabes ser, constantemente quem eu mais necessito… Todos os dias, como um vício cronometrado. Adrenalina de vida, Sem pesar, companheiro nas horas difíceis. As horas passam, demasiado devagar quando sem ti… Os segundos voam quando os nossos lábios…

– Tenho medo de cair…! – Mas… e se voares? Foi a questão que me fez seguir em frente Apareceste na minha vida, sem te procurar e, voei Senti-me viva Maravilhada com tudo o que é possível viver num minuto, num instante Não fazia ideia de que era capaz de ter emoções vivas  E, que…

ÉS MEU VÍCIO!

És meu vício… Quando a tua pele me toca… És meu vício… No arrepio que esse toque me provoca… És meu vício… O Beijo de bom dia ao acordar… E o Amor que preciso… Quando chega a hora de deitar… És meu vício… A primeira que eu quero ver… Abraçado a ti… Na hora de…

Deixar de f****? Gosto tanto!

Fotografia: Via Pinterest A Vizinha deixou de fumar faz três meses. Felizmente enjoei a marca de tabaco que fumava e ao invés de experimentar outra que o meu corpo não rejeitasse, decidi aproveitar e deixar de fumar. Sempre gostei de fumar. Tem fumadores que não gostam do cheiro ou do sabor, eu adorava a nevoa…