Com a força da alma paramos o tempo

| Maiores 18 | M18 |Salgaste me a boca em vale de fundo do teu quadril, inundaste me com o teu cheiro as narinas com esse cheiro doce, e perdi me em ti, verão que fosse, banhar me no teu lago pensamento a mil, mãos escondidas nas rochas que circundam meu rosto nesse sabor agridoce….