Arquivo de etiquetas: vazio

Depois do Adeus

Depois do adeus…
Fica o vazio, a tortura,
O que ficou por dizer…
Ou o que foi dito em momentos de raiva
Dos quais não há volta a dar.
Partiu-se tudo em cacos,
Olhas mas não sabes por que ponta pegar
Dás um passo atrás na esperança de voltar
Atrás..
Mas o passado não volta, não se redime.
Vives um presente distorcido, tudo à tua volta parece desmoronar-se.
Perdeste o norte e o sul do teu caminho.
A estrela que te iluminava perdeu o brilho,
E ficas cega e não vês tantas outras que brilham
e que te podem redireccionar de novo.
Acorda!! Reage!
Esse amor, essa dor não é a primeira, nem vai ser a última.
Luta!
Vai de novo à busca do que te faz feliz,
Conquista de novo esse buraco no teu peito.
Respira!
Não deixes os teus sentidos morrerem,
Deixa-os despertos, atentos às novas conquistas.
Se o passado regressar, e te magoar de novo, 
Joga-o a um canto.
Diz-lhe que o tempo dele é passado e que queres viver um presente radioso, sem mágoas
©Lola 2017 #69Letras

In Pensamentos de um louco

Inócuo
Seres algo vazio sem sentido só porque sim,
Só porque à tua volta te pressionam e exigem,
Seguires as tendências,
Sem no fundo encontrares seja o que for que te identifiques,
Seres bombardeado incessantemente com efeitos visuais e sonoros exclusivamente
para te tornares mais um automatismo desta sociedade
que se degrada a cada segundo que o relógio assinala,
Tempo, esse ditador cruel que não se atrasa nem adianta,
Têm ritmo próprio, constante, rígido, directo,
Como tal faz a diferença,
Cria em ti a chama que alimenta a vida, a alma,
Ouve o que te emociona,
Lê o que te faz chorar e rir, pensar,
Vê o k te alegra, entristece, excita,
Te emociona, faz o que te dita a alma e o corpo
e transmite todas essas emoções a quem aborda,
Te rodeia, te escuta,
Tudo começa em ti, em mim, em nós, não sejamos inócuos,
sejamos transbordantes de emoções,
essencialmente de amor, amor ao próximo,
amor a todos os seres que nos acompanham neste berlinde azulado
Acima de tudo tenhamos amor, ao amor que damos e recebemos
e nunca sentiremos o vazio,
o frio do infinito, nada,
Assim sendo comecemos….
©Bastardo 2017 #69Letras

 

 

 

 

Ilustração: Artista francês cria universos de fantasia surreais inspirado por Hayao Miyazaki…

Vazio mantem-se….

Sinto um vazio… Não sei explicar…
Só queria estar envolvida nos teus braços a noite toda.

Não precisamos comunicar, bastava só os nossos corpos e olhar.
Só quero sentir o teu conforto.

Sinto-me segura aninhada no teu peito.
Perco me nos meus pensamentos.

Fecho os olhos e vejo-nos longe de tudo o que nos faz mal. Mas felizes..
Mas o vazio mantêm-se…,

O vazio no meu coração à espera de voltar a ser preenchido com o teu amor.

 

©Lola 2017 #69Letras

 

Não há meio de ganhar um rumo sem ti…

Do que mais tens saudades…?
Eu tenho de ti, de mim, de nós.


Tenho saudades da mulher incrível que me ensinou a amar de corpo e alma.


Estou desacreditado…
Do mundo, da vida, de mim.
Não há meio de ganhar um rumo sem ti, já nem sei se sou eu que não quero, se não sou capaz ou se porque simplesmente ainda não chegou à altura.
Os anos passam e eu mantenho-me aqui, fiel ao amor que te tenho, a transpirar-te por todos os poros existentes em mim.


Doí-me tanto a alma, doí-me tanto não saber de ti…
Não há palavras para explicar este vazio maior que eu.


Um dia perco a cabeça e a pouca dignidade que me resta e vou ver-te mais uma vez…
Vou abraçar-te, mesmo que contra a tua vontade, e fazer-te ouvir o desespero do meu coração.


Vou fazer renascer este amor… ou matá-lo de uma vez!


SilentSoul #69Letras

Aprendi a disfarçar, a sobreviver…

Gostava que chegasse até ti o barulho das saudades que habita no meu peito desde que seguimos caminhos em direcções opostas.
Tenho tantas saudades tuas, tantas saudades nossas, nem sei como as consigo suportar.


Tenho saudades de te chamar de minha rainha, tenho saudades de me sentir o teu rei.

Tenho saudades de amar e me sentir amado incondicionalmente.
Não sei como explicar a dimensão das saudades que a tua ausência causa em mim, só sei que quase não as sinto de tanto as sentir.
Sinto-me vazio, não me sinto.


Aprendi a disfarçar, a sobreviver, aprendi a suportar a vida sem ti, voltei a sorrir…

Mas só eu sei a falta que tu me fazes e tanta que é.

SilentSoul #69Letras

Não sei o que será pior

Não sei o que será pior um amor não correspondido ou a ausência de amor?!

Quando se ama, apesar de não sermos correspondidos, sentimos que estamos vivos porque transbordamos dum sentimento de desejo carnal e possuir a alma da outra pessoa, de beijar, de acariciar, de abraçar, de fazer amor! Quando passamos para palavras e expressamos os sentimentos à pessoa amada, ela diz-nos “Gosto de ti mas apenas como amiga…” É um balde de água fria… Mas sentimos algo… Embora não correspondido… sentimo-nos vivos.

Quando existe a ausência sentimo-nos vazios, questionamos se voltaremos a amar, a sentir desejo, a sentir entusiasmo de receber aquela sms, aquele telefonema, aquele convite… Apenas nos sentimos vazios… Sem alma, sem nada… Apenas o vazio!

Ladybug

Há dias em que nada faz sentido…

13263666_1699665020279228_5364778323343895430_n

Porque há dias assim…
Há dias em que nada faz sentido…
Acordamos com uma sensação de vazio inexplicável em que sentimos falta de tudo e de nada, de nos sentirmos vivos, e nesses dias parece que só existimos…
Somos meras peças de um jogo de tabuleiro, que não sentimos como nosso, mas que nos deixa com uma incrível sensação de derrota, por não o conseguirmos vencer, vencer ao vazio e ganhar avida…
Há dias em que me apetece ter acordado ao teu lado só para sentir o teu corpo e te poder dar um beijo de bom dia…
Dias em que sinto o teu toque sem nunca me teres tocado, mas que parece ser tão real e isso não tem explicação…
Dias que sinto falta das nossas conversas sobre tudo, dos nossos desabafos e das nossas loucuras…
É nesses dias, em que mais sinto, que me interrogo se será verdade ou mera ilusão, mas por ti espero para o comprovar…
Será que um dia vens?…
E porque há dias assim, hoje fazes-me falta…

©Miss Kitty 2016 #69Letras