Arquivo de etiquetas: toque

Foi uma voz que te chamou e levou,

 

 

11755275_10153049878252683_3725143559094355408_n

Na fotografia: Jared Leto
Eu vi-te!
Foi o que a tua mão disse quando na minha tocas enquanto por mim passas.
Nao vás!
Disse-te eu quando seguro o teu toque.
Quero ficar!
Disse a tua mão quando me devolve o toque.
Desejo-te!
Disseram os nossos olhos.
Já!
Gritaram os teus passos enquanto me guiaste até à arrecadação.
Uau! Que fogo é este?
Perguntaram os nossos lábios enquanto se esfregavam e uma batalha decorria entre línguas.
Mmmm!
Exclamaram os teus dedos quando descobriram as minhas cuecas já carregadas de desejo.
Quero!
Afirmou as minhas mãos a segurar a tua tesão.
Foi esta a urgência de nós termos JÁ!
Foi uma voz que te chamou e levou, foi o meu corpo desnorteado descontrolado e por saciar.
Foi o primeiro sonho neste registo que por ti tive e é este mais um motivo a juntar a outros tantos para te querer.
A Vizinha

Contagio-te com esta vontade

6c84b7ad024ad26742452520f3fc5eb1

 

Contagio-te com esta vontade, faço-te derreter com palavras de desejo, respiro fervura… aqueces e deixo-te duro, não existe brandura… ferves aí longe de mim, desinquieto a mesma luxúria que em mim provocas.
Enlouquecemos os dois, amaldiçoamos a distância e agarramo-nos às palavras sentimo-las a lamber-nos a pele com candura e penetrar-nos lentamente e bem fundo… respiras-me devolvo-te em suspiros… este meu corpo agita-se, as pernas abrem-se como que prontas, fecham-se porque não sentem o meu toque este desejo tem vontade, tem a tua, reclama-te, ferve… ferve… e espera que o expludas!!

Não é para curiosos.

 

Na fotografia: Khloe Kardashian

khloe-kardashian-complex-today-150728-tease_43b9b43c07f232154eed6cb4996fffaf.today-inline-large

Deslumbras-te.
Segue-nos na nossa página do facebook!
Queres entrar e fazer parte da minha loucura, chafurdar no meu mundo.
Impões-te, forças a tua presença numa persistência que me soa a idiotice.
Porque tentas entrar, senão me vais conseguir tocar?
Porque te deslumbras com uma mente pela qual não conseguirias conviver diariamente? Não te vou deixar espreitar para satisfazeres a tua curiosidade ou a excitação que antecede a novidade. Vais ficar aí, por tempos infinitos a tentar espreitar pela fechadura.
Para pertenceres ao meu mundo, tenho de te escolher.
Tens de me tocar.
Sabes? A coisa é que este tocar não é visível ao toque… é coisa de alma, de loucos.
Não é para curiosos. Para quê entrares se não vais saber como ficar?

Pudesses ser tu a toalha que me toca

365936cdef6885079a76e5c0a0ecab58

Clica no link e acompanha-nos no facebook!

Pudesse esta toalha com que me sirvo para enxugar a pele ser as tuas mãos a percorre-la agora cheirosa pronta para que a voltes a manchar.
Pudesse esta toalha macia ter a firmeza do teu toque a massajar este corpo fazendo evaporar com o fogo que emanas estas gotas que por mim escorrem.
Pudesse o teu nariz inspirar cada poro da minha pele perfumada com a loção de mel que tanto te deixa de água na boca.
Pudesses estar aqui a secar a minha pele e este desejo que tenho entre as coxas.

Tu queres provocar o caos dentro de mim

1884a13a6ae852f34b2acfc64b7522ed

Despida avanço em direção ao penhasco e lanço-me no vazio enquanto o ar se desvia para eu passar até pousar no teu colo e juntos entramos no teu santuário onde pregas o pecado.
Com ternura deitas este corpo nú no altar e contemplas-me como se tivesse sangue divino.
No ar o cheiro das velas ocupa lugar e é sob o fogo que as consome que me apresentas aos teus súbitos.
Estendida, memorizas a textura da minha pele na ponta dos teus dedos e a tua fome aumenta ao toque, os teus lábios soam a gula, o teu olhar ferve e as tuas calças estão prestes a rasgar.
Tu queres provocar o caos dentro de mim, e o meu ventre aclama para que o tomes.
Os teus súbitos foram a nossa plateia e o teu altar o cenário que durou até a cera derreter.
Atirei-me do penhasco, porque é no teu mundo que o meu sangue desperta.

um lugar que ninguém vai ocupar.

image

Sentada no canto deste quarto onde nos devorámos em infinitos momentos, revivo-nos.
Memórias tão fortes, que me trazem o cheiro familiar da nossa paixão.
Sinto falta de ver o teu desejo crescer, com um simples movimento do meu corpo.
Deitada nesta cama, já à muito sem os lençóis que contaminamos de tesão, dezenas foram os filmes com que gravaste cada imperfeição do meu corpo, cada sinal que me pinta, cada cicatriz que me foi aberta.
Quantas noites de conchinha tivemos o privilégio de ter?
Conhecias o meu dormir. Sabias quando descansava com os anjos, ou quando precisava do teu aconchego para expulsar os diabinhos que tentavam estragar o meu sono de beleza.
Despertar com o teu toque a derreter-se na minha pele, era o melhor início de dia. Todos os dias, começávamos com o pequeno almoço dos deuses, o teu sabor em mim, o meu em ti. Líquidos cheios de açúcar.
Vício.
A tua mão a embalar os meus cabelos e a intensidade do teu beijo, trazem-me saudade….
Espero voltar a ver-te nos meus sonhos…o único lugar onde ainda existes, um lugar que ninguém vai ocupar.

?A vizinha #69Letras

Tu confundes-me e consomes-me.

image

Corada, quente e insaciável é assim que estou. Estás tão presente no meu corpo que quase que posso jurar que o teu toque é real.
Peço que te vás embora. Vai!
Tu confundes-me e consomes-me.
Temo que nunca mais me irei encontrar, e acabarei por morrer sozinha, com saudades de mim e do teu corpo. Apenas do teu corpo. Porque TU, ainda estás em mim, fizeste-me absorver o veneno que largaste quando pelo meu corpo rastejaste. Ocupaste a memoria do meu corpo e atordoaste os meus pensamentos e ainda hoje, sem ti, ainda te intrometes na minha mente e fazes-me corar pela lembrança dos pecados que outrora cometemos.
Pecados… que deixam saudade… pecados que ainda dão vontade… pecados que nunca mais cometerei… porque de mim fugiste…