Arquivo de etiquetas: tesao

Não te percas de mim, perde-te em mim…

Perde-te na noite e na madrugada, mas conta as pedras da calçada.
Por mais que te afastes do meu caminho, acabas sempre por voltar ao ninho. Continuar a lerNão te percas de mim, perde-te em mim…

Reencontro

Conto Erótico | M18

O tempo que esperei para te reencontrar foi tanto que quase apagou da minha memória o teu sabor, o teu toque, o teu cheiro… A ansiedade que me invadia naqueles minutos que antecederam sacudiram os meu sentidos e quase me fizeram temer que os resquícios que tinha de ti fossem um truque da minha mente perdida na vontade de te fazer meu outra vez…

Fiz a caminhada que nos aproximava de coração já acelerado por avistar o olhar, o sorriso e a barba que preencheu os meu sonhos ultimamente.

E depois… a voz… essa fez-me querer possuir-te ali mesmo mas o  pudor e bom senso que restavam do meu ser ciente impediram-me. Amena cavaqueira no caminho que nos levava ao ponto onde íamos fazer o nosso mundo girar, com as libidos aos gritos e chegamos…

Ahhh  esse beijo… esse era ainda melhor do que a minha memória contava, e o toque… ah és tu, és mesmo tu…

Anda cá… não importa de que forma me coloques, se sou eu quem te domina… Somos nós e tudo pára! Perdes o teu tempo a saborear cada centímetro meu e perco-me, entrego-me entre espasmos de prazer que acolhes com uma tesão descomunal e deliciosa que faço questão de receber onde a queiras depositar… já não sou eu, sou o ser que criámos nestas horas sempre contadas que sabem a céu e são sempre pouco… sou cega devota ao prazer, e dedico o tempo devido na retribuição e aí é a minha vez de gozar ao ver o quanto o teu corpo reage a mim…

Vejo o nosso reflexo quando somos uma só alma, um só corpo e prendo na memória… É tempo de lavar a alma guardando o sabor de cada um dos orgasmos, é tempo de seguir caminho… Até já bicho…

© Vicky M 2016 #69Letras

Hoje, mando eu….(talvez)

Texto M/18

Hoje não te vou mimar…vou amar-te rigidamente…
Olha bem fundo no meu olhar…e prepara-te para as putices que te vou sujeitar…
Vais sentir a dureza das minhas mãos…a agarrar-te, puxando-te para mim… Continuar a lerHoje, mando eu….(talvez)

Momentos meus…

Estou tentado a lembrar dos primeiros beijos que me deram na pila.
Aqui um pouco baralhado entre a tesão e a emoção.
Ter finalmente uma miúda a beijar lá naquele sítio era um acontecimento para ficar gravado na memória. Continuar a lerMomentos meus…

A química da Mente

 

O sabor que sentes num beijo , rebusca-te o pensamento e trás à boca toda a química que sentes fluir da pessoa que estás a beijar … que beijas com querer!!!

Chamam-lhe “borboletas” , mas é a química da Mente!

A química que flui, mesmo sem um contacto físico, descontrola por completo a capacidade de abstrair daquele pensamento, daquela mente !!
Foca a nossa mente na vontade do toque ,
do sabor, do cheiro …
Desbloqueia-nos sensações que achamos serem controladas por nós,
alteram a nossa reação às palavras que vêm daquela voz, que noutra voz não teria o mesmo efeito !!

E quando finalmente nos sente “encantados” e à mercê dos seus desejos, aproxima-nos … faz de tudo para juntar as duas mentes e deixa-se fluir!!

Inunda-nos aquele calor invasor e a vontade do ter,
que nos fazem agarrar a pele do outro com força….
O tirar as roupas ou apenas tecidos do caminho ,
o arranjar um canto que nos apoie ou esconda …
e nos liberte a tesao no momento em que … já não aguentas mais!!!
Os sabores e os cheiros que se trocam, fisicamente agora, que se entranham, encaixam-nos na perfeição!

Quando todo o corpo entra em circuito e os espasmos descontrolam o pensar e a razão, a força das mãos e do corpo tomam posse do que nem sonhavas tocar!

É o ter,
é a vontade,
o desejo …
o desespero de quereres sentir teu naquele momento, atingindo todos os limites sem sequer os anteceder…

E só no fim … extasiados … te apercebes a rapidez em que tudo aconteceu … e mesmo que ninguém diga …
o pensamento de ambos grita …

… “hummm tão bom”!

©My Sighs   2017  #69Letras

Eu ainda lembro…

Não estás a ser justa!!
Porra!!
Pediste pela tua sanidade mental que te deixasse ir…
E a minha sanidade??Apareces assim??
Com esse ar de mulher bela e quente…
Olhos rasgados!!
Boca semi aberta pelo sorriso e por promessas de prazer…
Sim!!
Eu lembro bem desse vestido… Continuar a lerEu ainda lembro…

Pescado como um sacana

Mantenho-me preso como um peixe em volta do isco..
Hipnotizado pelo brilho
do engodo que reluz na penumbra.
Vontades alimentadas pelos teus dizeres…
Pelos teus quentes acordares…
Os meus dedos anseiam sentir a leveza da tua pele despida de pêlos…
Ali onde a humidade se confunde com o calor…
Mordo os lábios com a ânsia de chupar os teus
Como se o anzol soubesse a prazer…
As tuas coxas feitas para serem afastadas…
Gemeres teus que soam a chamamento…
Uma verdadeira sereia com um rabo desprovido de escamas…
Convidativo ao meu paladar…

©Read Mymind 2017 #69Letras