Eu mortal, tu imortal.

Olho para ti e ainda não descobri porque tanto me atrais, porque ouvir o teu nome me faz tremer e o meu corpo se dá a ti sem restrições. Tu e esse teu sorriso deslavado cheio de más intenções são a minha perdição, deixas-me nervosa, perco o raciocínio e a razão porque tu és tudo…

Em que é que estás a pensar?

  O facebook pergunta: em que é que estás a pensar? Eu respondo: Nele. Claro! Só podia, só penso nele, neste segundo imediato, nos que já passaram e nos segundos que ainda virão. Ele está por todo o lado, rodeia-me, abraça-me, aconchega-me, mima-me, provoca-me, enlouquece-me, não o vejo, mas sinto-o aqui. Por senti-lo o tempo…

Os dias passam e eu procuro-te…

  Os dias passam e eu procuro-te… Procuro-te nas sombras que chocam com a minha, e imagino que és tu, (se soubesses a alegria que sinto nesses micro segundos!) mas quando olho para trás, ou para o lado… não te encontro. E esta dor ganha ainda mais força. Vagueio por aí na esperança de surgir…

Filho de Medusa. Coração de pedra.

Residiu em mim um amor que me elevou aos céus era eu filha de Vénus e tu o meu pecado mortal. No segundo em que te comecei a amar minha casa se dividiu, meus pés aterraram no céus e meu percurso desde então foi sempre até ti, meus passos avistavam-se da terra, tal quadro que…

King and Queen

No meu mundo, eu e tu somos rei e rainha e tudo o resto a nossa vontade. Aqui, os súbitos beijam-nos os pés, idolatram-nos, curvam-se à nossa passagem, matam-se para ganhar o nosso afecto, e mascaram-se para nos agradar. Sentados lado a lado, cheiramos a pequenez destas pessoas e troçamos delas. A nossa lealdade foi…

O acaso os separou o acaso os uniu.

Encontraram se num acaso, desses acasos de porta semi aberta em que o conhecimento é feito a medo e com receio que não haja alongamentos ou avisos prévios para desaparecer. Falaram do tudo do nada, da familia, dos filhos, do emprego, do dia a dia comum a tantos mortais. Sorriram naquela mesa de café como…

Amo-te como se ama a primavera

O mundo flui quando me escreves. Desenvolta a paixão que do meu coração brota, como se de uma amalgama de destroços, os reconstruisses fazendo a mais bela essência que me nutre o viver. Tu és as Rosas que pululam livremente entre Narcisos e Jasmim num jardim oriental que para lá do sol posto, nascem da…