Arquivo de etiquetas: sussurros

Nada mais que palavras….

Nada mais que palavras, palavras levadas num sussurro….
Peço-te que me leias no teu mais profundo silêncio, aquele momento intimo e único….
Pedia-te para fechares os olhos e esvoaçares sem rumo, mas não me irias ler….
Por vezes ler-me é uma perda de tempo, por vezes ouvir-me é uma responsabilidade….
Não é tanto o que podes fazer por mim, mas sim o que eu posso fazer por ti….
Poderia tentar fazer-te feliz, colocar um sorriso nos lábios….
Uma alma alegre é uma alma preenchida, um corpo saciado….
Mas longe de estar satisfeito, uma mulher satisfeita é um objectivo complicado….
Não é uma hora, não são seis horas, muito menos doze e até mesmo as vinte e quatro….
Uma mulher satisfeita é uma vida dedicada, um amor inconfundível, não é sexo, é amor….
Por mais linhas que pudesse escrever para saciar esse teu apetite voraz, sei que jamais o poderei saciar,
porque tu tal como eu, precisa dos beijos….
Precisa dos carinhos, dos mimos, de sentir o calor invadir o corpo, mais importante, invadir a alma e isso só se conquistando a alma e o coração….
Palavras, meras palavras que aquecem a alma…. Mas não o coração, não estou aqui….

“Vive o presente, relembrando o passado sonhando com o futuro” ….

Palavras, puras palavras são as que me saem da alma, do coração envelhecido, mas feliz, cansado, mas guerreiro….
Fecha os olhos….
Sorri….
Respira….
Sorri….
©NMaufeitio 2017 #69Letras

Nutre-me com o pecado.

 

55f88223e07044ee71a936e0cbe0fe66

Pecado.
O supra alimento que suja a minha alma mas que a sacode, faz rejubilar e rejuvenescer a menina que tem tanto de doce como de safada, e se tu te assustaste foi porque não leste as entrelinhas e se não as soubeste ler e achas que precisas de um manual de instruções é porque não nos pertenceMOS.
Este sangue vermelho que me corre nas veias não é constituído apenas por sonhos suaves e encantados. Dentro de mim bombeia sangue sujo sedento de pecado que queima e arde quando paro de pecar e é por isso que não posso parar pois é o meu alimento, a minha adrenalina, a minha cruz, o mártir que me seduz!
Trago pensamentos deliciosamente cheios de pureza e delicadeza mas sou essencialmente possuída por delírios mentais altamente tenebrosos e vontades escandalosas e é então que me visto de pecado e sigo rumo à perdição porque eu quero em mim sentir a pele abrir o sangue a escorrer e da boca do diabo que me possui, sussurros obscenos que atingem esta alma com a mesma poesia que uma canção de amor!

A Vizinha