Engasgo

.   As palavras prendem, elas teimam em sair. Sufoco tudo o que quero, tento esquecer e deixar ir. Conto os meus passos e revejo as minhas decisões. Controlo-me, meço e peso todas as acções. A minha garganta deu um nó, nunca disse o que devia dizer. Vivo com este engasgo de quem não quer…

Copo meio cheio ou meio vazio.

  Acordei em sobressalto ansiosa e agitada quase que a sufocar. A minha primeira reação assim que acalmei a respiração, foi chorar, não desalmadamente, mas conformada. Senti as lágrimas a nascer e a empurrarem-se umas às outras como que a libertarem-se… prisioneiras da minha dor. Desceram lentamente pelo rosto, fazendo comichão na pele prestes a…