Arquivo de etiquetas: sorriso

descobri que tu és muito mais que prazer…

0ab38cb90c6c2432daa4b06dc01c22dd

Existe uma memória da ultima noite, que ficou suspensa no meu olhar.
Nós dois sentados, frente a frente, despidos de barreiras e no ar o cheiro do nosso amor.
Tu és mais que prazer.
Despidos de roupas, olho-te. Gosta tanto de olhar para ti!
Se tivesse poderes, tornava aquela noite eterna e passaria a infinidade daquele momento a desvendar os mistérios da tua pele junto com os segredos que o teu olhar esconde.
Cumplicidade.
Dois corpos felizes e encantados um com o outro.
Estes dois corpos, éramos nós!
Nós! Não eu, não tu, mas nós!
Coro com o teu olhar e desfaço-me no teu sorriso.
Tu és atrevido, mas a minha espontaneidade faz-te rejubilar!
Tiro-te o ar com o fogo da minha juventude e enfeitiço-te com o desejo que carrego de ti que te deixo sentir.
Fazes-me contorcer nas tuas mãos vis, e enfraqueces a minha voz com os gemidos que me provocar.
Na memória da nossa ultima noite está a lembrança do nosso olhar.
Olhar cúmplice.
Olhar que assiste ao sonho a tornar-se realidade!

Eu e tu somos vida…!

18c7f63b894ed34c1dd832f17be688a3

Nos teus braços, o mundo sou eu e tu.
Eu e tu, é outra vida.
É brilho nos olhos
Sorrisos sinceros
Faíscas na pele.
As roupas? Essas estorvam a comunicação entre as almas!
As pessoas? Distraem a nossa cumplicidade.
É no nosso quarto que a nossa pele festeja e a nossa alma descansa.
Na nossa cama, o tempo não nos ganha e amamo-nos sem.pressa.
Amamo-nos em
Conversas
Brincadeiras
Sexo
Conchinha.
Nos nossos lençóis os nossos corpos esgotam-se antes do desejo que só tende a aumentar.
Entrelaçados num nó invisível os olhos fecham-se mas o sorriso mantém-se… E dentro do meu peito, tu ganhas lugar.

Ps: continua a visitar-me.

0b458cec7ef5687b2bec8d8b74a71e78

Esta noite estivemos juntos!
Esta noite apareceste como se nada fosse e calaste-me a voz num beijo apaixonado como só tu sabes dar.
Esta noite, a tua morte não passou de um engano e estavas de volta com o teu sorriso tão grande quanto tu.
Esta noite, amámo-nos, derreti-me no teu calor, morámos juntos como tantas vezes planeámos.
As lembranças desta noite deixaram saudades em mim…. Agora a caminho de casa, apercebi-me que afinal a noite passada estive contigo, apenas em sonhos.
Gostei de te ver.
Estavas lindo.
Ps: continua a visitar-me.

Não digas nada!

26b11a6183b34c5b13067fbc0d300eed

Não precisas.
Não preciso que digas que gostas de mim,
Que tens vontade de me beijar,
De me agarrar,
De te passeares pela minha pele branca,
Que o meu sorriso te aquece,
Que a minha voz te enlouquece.
Não digas nada!

Sabes porquê?
Porque os teus olhos dizem tudo!

Liga-me…!

12193524_1514392308878310_4800144408958666034_n

Agarra no telefone!
Liga-me hoje
Apenas porque sim e
abraça-me com o teu sorriso.
Vem,
respirar ao meu ouvido e
embalar a minha alma ao som da tua voz.
Liga-me hoje!
Abraça-me com o teu som,
leva-me ao céu
com o canto da tua voz!

 © A Vizinha 69 Letras 2017

Deixas os meus olhos fazer amor com os teus?

image

Olhar.
Olhar para ti.
Se eu pudesse os meus olhos só te veriam a ti, hoje amanhã, depois de amanhã e todos dias que sucedem a estes.
Se eu pudesse nunca mais tiraria os meus olhos de ti.
Deixas?
Deixas-me perder? Perder no teu rosto, mas sem pressa?
Posso passear-me pela tua barba e entre labirintos cerrados quem sabe mergulhar nos teus lábios e deleitar-me com o abraço dos teus lábios por toda a eternidade?
Se não for eternamente pode ser um
Dois
Três dias, até te perderes na contagem? Deixas?
Deixas os meus olhos fazer amor com os teus?
Deixas que eles se reconheçam, se entendam e se percam a percorrer as nossas almas?
Permites-me sorrir, só porque te vejo sorrir?
Queres sorrir porque me ves sorris sob o teu sorriso até nos perdermos em sorrisos, apenas porque sim, apenas porque estamos ali… a olhar um para o outro?

© A vizinha 69 Letras 2015

Eu saberei viver sem ti, ou pelo menos tentarei.

image

Teu sorriso tão lindo e encantador, talvez tenha sido isso que ainda me prende a ti.

Ou o teu cabelo bom de pegar, despenteado que esconde os teus lindos olhos castanho avelã.

Talvez tenha sido isso, eu não consigo sair, de me livrar de ti…..

Vicio? Talvez seja isso….
Uma droga que insiste em ficar comigo.

Mas já está mais que na hora de ir embora…Vai, podes ir.

Eu saberei viver sem ti, ou pelo menos tentarei.

Mas antes podes sorrir para mim de novo?
Please….

Mafalda

?A vizinha #69Letras