Desvaneios Parte III

Desvaneios de Lola Tornaste mulher aos 12 anos, descobres-te. Aos 16 começas a exibir as tuas formas, começa os namoricos e perdes a virgindade. Aos 18 o teu corpo de mulher fica formado e a[…]

Continue reading …

O que nos faz brilhar….

Tem alturas que te olhas e pensas… Esta não sou eu. Perdi o brilho da juventude, a alegria. Não.. O que vês é alguém que amadureceu e vive a vida de forma diferente, o brilho[…]

Continue reading …

Que amor sobrevive por meio do egoismo?

Recordo aquele amor como recordo uma história, lembrança de um sentimento, mas hoje já não fere ou inflame. É uma passagem, uma história, uma no meio de tantas outras já vividas. Se vivi, faz parte[…]

Continue reading …

viver sem a tua presença

  Que saudades eu tenho de me quando me embriagava com o teu sorriso entorpecia com os teus beijos e enlouquecia com os nossos desejos. Um ano se passou e como uma alcoólatra ainda me[…]

Continue reading …

Entende meu amor, é impossível suportar ser tua por inteira e ter-te aos bocejos.

De todos os sentimentos o que mais gostei de sentir foi aquele que me provocaste. Tu chegaste mais longe que qual outro, aliás anulaste todas as memórias que tinha, e marcaste-me com as nossas. Tu[…]

Continue reading …