Arquivo de etiquetas: seres humanos

O que sinto é meu!

Os seres humanos são demasiado frágeis e delicados. Ora sentem demasiado ora incapacitam-se de sentir.

Eu cá sou de emoções! Daqueles de arrepiar todos os poros do meu ser!

 

Viciei-me naquela adrenalina que corre desgovernado por mim adentro e sem pedir licença ignoro os sentimentos.

Aquele pulsar! Mantém-me viva mesmo depois de ter já ter caído do precipício! Naquela fração de segundos em que o meu peito pára de respirar, esmagado por um turbilhão de emoções à disputa, sem contudo perder a batida descompassada do meu coração.

Emoções que gritam no meu interior para se libertarem nas vontades errantes do meu corpo!

Não serei humana? Ou serei humana demais? Será errado sentir tudo à flor da pele? Vulgar? Cliché?

Eu digo que é o meu D.N.A. !

 

©Miss Steel 69Letras 2017

Dona e senhora de mim

Enquanto vejo a minha vida em slow motion, respiro e dou um tempo ao EU em mim.

Meu tempo, meu EU.

No meio de tantos outros EUs, estou eu de frente á passadeira da vida, à espera que o sinal verde me autorize a avançar.

Uns passam devagar sem influenciar o equilíbrio do meu EU mais frágil e sensível.

Outros aceleram agressivamente com as rodas por cima dos meus pés cansados de palmilhar quilómetros no deserto da vida, sempre com vista para o mar como quem atiça os sentidos.

Parada e imóvel, deixo-me ficar. Vendo os EUs  num delírio dos afazeres com prioridades desfasadas e contrárias às condições humanas. Tudo parece ganhar um relevo muito importante quando se trata de desejos e umbigos egocêntricos.

Eu prefiro parar. Olhar em redor e respirar cada essência de todos os EUs da minha vida e capturar no meu coração os que se fundem em mim. Aqueles que teimam em não largar o meu EU.

Os doces EUs da minha vida.

Há seres humanos que vêm a este mundo adocicar outros mundos cujos os quais se enquadram no meu. São EUs que num ápice passam a TEUs e no meu EU se ficam.  Seres demasiado raros e poucos numa vida tão preenchida.  Mas são meus e uma vez tatuados no meu EU,  jamais saem do meu tempo.

Impregnados na minha vida e subtilmente elevam o EU que por vezes nem eu própria o estimo.

Uns chamam de EGO e outros de mau feitio mas eu prefiro chamar

o EU do meu TEMPO.

 

©Miss Steel 69letras 2017 

 

 

Deixem-se cair

Para os que pensam que a vida perfeita existe, até quando vão viver nessa mentira? Ou têm mesmo a esperança que o mundo melhore?

Sejamos realistas

A vida não é feita de rosas, recheada de algodão doce ou colorida com um arco iris brilhante.

Há seres humanos a morrer por ignorância alheia, outros afogados na impotência perante uma doença ou por força das circunstancias.
E o que nós fazemos? Ou melhor, o que podemos fazer?

Um dia de cada vez! 

Viver um dia de cada vez e lidar com que esse dia nos traz.
Amanhã será outro dia e trará outras situações e personagens para a nossa vida, cuja a qual pode esperar por uma noite de descanso a fim de ganhar forças para enfrentar os novos dilemas que daí advêm.

Salvar um dia de cada vez. Uma vida de cada vez porque os super homens, só nos filmes mesmo.
Somos humanos. Frágeis. É favor lidar com cuidado.

Caiam das nuvens! Aí só vive quem se rege por ilusões.

©Miss Steel 69letras 2017