Arquivo de etiquetas: sentimentos

Perfeição

Tu!,
Preocupas-te tanto com a beleza exterior,
com o olhar perfeito, os lábios bem torneados,
um corpo sedutor,
agarras-te a algo que com o passar do tempo
desaparece.
Singeste só a um icon, o teu prazer carnal
Mas será que consegues sobreviver só com isso?
Pulas de um canto a outro em busca somente dessa perfeição?
E o Amor, a Paixão!
Onde é que encaixas estes dois icones, estas duas essências
necessárias à tua existência
Serás assim tão cego, que não enxergues para além?
Será que o valor carnal supera o valor sentimental?
Consegues viver só dos prazeres carnais, sem amar?
Conseguirás sobreviver?
Lola 2017 #69Letras

Confessar

Confesso-me a ti,
A quem entreguei o meu coração
involuntariamente,
Confesso-me a ti,
Todos os pensamentos pecaminosos
As minhas vontades carnais
Confesso-me a ti,
Como desejei chegar perto de ti,
Arrancar-te dessa boca que me põe louca
beijos ardentes, apaixonados
Confesso-me a ti,
que te desejo de corpo e alma
Quero sentir-te em mim,
Quero saborear toda a tua essência
Confesso-me a ti,
pois já não tenho forças para lutar
contra o inevitável
Apaixonei-me
Rendo-me aos teus braços.
©Lola #69Letras

A tristeza

Ela chega e ataca.

Sem dó nem piedade.

Magoa-nos com tudo o que encontra.

Traz-nos memórias antigas sem pedir permissão.

Ela apodera-se do nosso coração.

Com ela vêm as lágrimas quentes que caiem em silêncio.

Os pensamentos negativos entram na nossa mente.

Faz-nos confundir o ódio com o amor.

Provoca sentimentos que não queremos sentir.

Cala-nos a voz.

As palavras de nada servem.

A tristeza.

Muito mal nos provoca.

Mas o amor permanece.

Por muito que a tristeza nos destrua

O amor mantém-se.

Não se sabe porquê.

Não se sabe como.

Só se sabe que:

O amor é mais forte.

 

© Fox 2017 #69Letras

Declaração

Sim és,
Sim quero,
Sim aceito,
Sim sempre,
És tudo o que eu preciso,
És tudo o que eu queria,
Aceito-te com todos os teus defeitos 
e virtudes, 
Estarei sempre ao teu lado,
na riqueza ou pobreza
na alegria e na tristeza,
na saúde e na doença
Sim Amo-te,
Sim sei que não sou fácil,
Sim temos muito para percorrer,
Sim temos muito para alcançar,
Mas é um caminho que iremos percorrer juntos,
nenhum de nós o terá de fazer sozinho.
Lado a lado alcançaremos os nossos objectivos,
Faremos desta nossa escalada de vida,
a nossa aventura,
Sem ti, este caminho nunca faria sentido,
nunca teria o brilho e alegria,
Conforme tu deixas tudo isso estampado no meu rosto
Assim me declaro e faço os meus votos a ti.
A ti, que sempre estiveste quando precisei
e nunca me abandonaste.
Sim, quero unir-me a ti até ao último fôlego,
®Lola 2017 #69Letras

Boneca

Usa-me.

Faz de mim a tua boneca de trapos.

Desfaz os meus sentimentos em farrapos.

Manipula-me.

Faz os teus jogos de sedução.

Brinca com o fogo e parte-me o coração.

Usa e abusa.

Deixa-me feridas abertas.

Para ti sou só mais uma dessas.

Abandona-me.

Num canto, fraca e indefesa.

Mata a tua Barbie princesa.

© Fox 2017 #69Letras

Cativar

Cativar: atrair, seduzir, encantar,  criar laços, afeiçoar-se,  enamorar-se.
Cativar: reduzir a cativeiro.

Na nossa vida cruzamo-nos com várias pessoas.
Diferentes corpos, rostos, sorrisos, olhares, pensamentos, sonhos, desejos.
No entanto, há sempre um olhar, um sorriso, uma expressão, um som, um toque, que nos liga a alguém.
Há sempre alguém que nos atrai.
A atracção inicial traz consigo a curiosidade em descobrir o outro e uma necessidade de satisfazê-la.
Inconscientemente, começamos a sentir-nos seduzidos, a desejar qualquer tipo de contacto com essa pessoa.
E a curiosidade mantém-se.
Surge o encanto, a idealização de possíveis futuros, o fascínio que baila no olhar, o feitiço que nos prende a alguém, a curiosidade que não desvanece.
Criar laços é a solução que encontramos para não deixar escapar quem outrora nos encantou.
Temos paciência, tempo e entrega.
Satisfazemos a curiosidade a pouco e pouco enquanto nos revelamos.
Fazem-se trocas. Trocas de experiências, gostos, sonhos, desejos, pensamentos, vidas.
E assim, afeiçoamo-nos.
Surgem sentimentos que nos prendem.
Cuidado, preocupação, protecção, carinho, afecto.
E um dia esses sentimentos evoluem e, aí, enamoramo-nos.
Sentimos algo mais, um carinho e protecção maiores, um encanto mais poderoso, uma atracção inevitável, um gostar mais forte, um fogo no interior.
E é o amor.
Tudo isto se conjuga num verbo: cativar.
Tu cativaste-me.
Atraíste-me, seduziste-me, encantaste-me. Criei laços, afeiçoei-me. Enamorei-me?
Agora necessito de ti para continuar a sentir-me assim, cativada.
Agora és único para mim e quero-te por perto.
E do alto da minha jovem inocência pergunto:
E tu, necessitas de mim?
E eu, sou única para ti?
Cativei-te?

 


Pessoas dos meus momentos

Mas afinal o que sou eu? 

Quem sou eu? 

De que sou feita? 

De onde vim ou para onde vou? 

Sou fruto das circunstâncias, uma consequência de… 

Sou uma sobrevivente neste mundo distorcido. 

Somente isso. Nada mais. 

Não tenho que agradar ninguém. 

Quem não gosta, que olhe para outro lado, quero lá saber. 

Tenho de lidar com tudo na minha vida. Com o bom, com o mau, com o reles e o nojento mas não é isso que me define. 

O que me define, a minha marca registada ou o meu testemunho nesta vida é o meu carácter!

O que ensino a outros, os momentos que partilho e com quem partilho faz toda a diferença! 

Momentos e pessoas. 

Tenho de tudo no meu dia a dia. Uns momentos compensam outros. Pessoas negativas compensadas com as boas. 

E assim estabeleço o equilíbrio. Parece esquisito mas não é. 

Movo-me pela adrenalina de um desafio. Para isso preciso de quem me desafie, de circunstâncias que me ponham à prova. 

Pessoas e momentos. 

Sou mulher de sentimentos e emoções à flor de pele. Para isso preciso de contacto constante com que me desperta todo e o mais variado tipo de emoções. 

Pessoas e momentos. 

Tudo isso, todas essas pessoas escolhidas a dedo por mim e esses momentos preciosos carregados de tudo o que me alimenta a alma, são “eu”. 

Fazem parte do meu ser. Tatuados no meu coração e muito por mim acarinhados. 

©Miss Steel 69letras 2017