Arquivo de etiquetas: sem tempo

Acho que vou tirar um café… e depois logo se vê

Nos dias em que a auto estima está em baixo o espelho não é uma boa ajuda.
Bom mesmo é vestir aquelas jeans com que nos sentimentos seguras e aquela camisola que combina com o nosso tom de pele, apostar num jeito ao cabelo e sair para a rua sem antes pedirmos aprovação do espelho.
Há dias em que o espelho está contra nós ou melhor o nosso estado de espírito projecta uma imagem no reflexo que não nos deixa satisfeitas.
Há dias em que giro frente ao espelho grande lá de casa toda vaidosa com as minhas curvas, mas tem outros, que desejava ter umas pernas finas ao invés de umas torneadas.
Somos como somos, e devemos aceitar-nos (pelo menos é o que dizem) mas às vezes torna-se difícil. Especialmente quando o nosso espírito está em baixo, e a nossa força esgotada. Tudo junto faz com que se forme uma bola de neve, do aspecto físico ao interior, sentimo-nos menos. Menos giras, menos capazes… exaustas e sem vida. Onde paira o brilho dos dias mais quentes?
Não é mito quando se fala que o amor ou que uma vida sexual activa torna as pessoas mais bonitas… mas o contrário também se aplica, a fadiga e o stress tiram-te o brilho tal como a nuvem que tapa o sol roubando todo esplendor a uma flor…
Talvez abrandar… talvez dormir e desligar por uma serie de dias fosse o elixir necessário… mas enquanto isso, quem faz o que tu não fazes? Será justo dar férias aos nossos sonhos projectos e ambições?

Acho que vou tirar um café… e depois logo se vê.

A VIZINHA #69Letras