Preciso de te ver novamente!

Ontem quando ia para mais uma daquelas reuniões chatas, vi te. Que pedaço de homem meu deus. Alto, cabelo rapado, óculos e corpo bem definido… Humm! Vinhas com um capacete na mão e casaco de cabedal que por sinal te dava um ar de bad boy. As minhas colegas e eu entramos no elevador e…

Nunca soubeste desta minha luta.

Nunca soubeste desta minha luta. Depois de te desculpares de mil e uma formas diferentes e insistires para nos dar uma segunda oportunidade, cedi e aceitei ‘perdoar-te’. Perdoar-te… Para ti foi como se nada tivesse acontecido, mas para mim, mais do que te aceitar de volta, foi uma luta diária, uma luta constante, uma luta…