A cabana | Por: Inquilino 69 Letras

Os pés limpos no tapete de entrada, cheiro a madeira de sândalo exalada, como se tivesse sido sempre uma quente morada, ao fundo uma lareira que crepitava ao som de lenha queimada. Duas velas encimadas num castiçal dourado, sonho imaginado, casacos despidos, lá fora um frio gelado, numa cama, um edredão de penas, abraço consumado,…