Arquivo de etiquetas: saudades

Não queríamos sair dali, por nada!

Eu não queria sair dali por nada ….

Fechei os olhos, uma e outra vez, para continuar …
Soltei os movimentos do corpo a despertar do sono mas não do sonho!
Virei-me para ti e vi-te dormir …
Sereno e de sorriso nos lábios ! Continuar a lerNão queríamos sair dali, por nada!

Eu ainda lembro…

Não estás a ser justa!!
Porra!!
Pediste pela tua sanidade mental que te deixasse ir…
E a minha sanidade??Apareces assim??
Com esse ar de mulher bela e quente…
Olhos rasgados!!
Boca semi aberta pelo sorriso e por promessas de prazer…
Sim!!
Eu lembro bem desse vestido… Continuar a lerEu ainda lembro…

O primeiro Beijo

Sentada na esplanada do café deixei escapar um sorriso, porque ao ver o casal à minha frente, fez-me recordar o nosso primeiro encontro.
Inicio de Verão, tínhamos ido lanchar em plena Baixa com amigos. A conversa estava animada.
Nós já nos conhecíamos há um mês, e as nossas conversas eram como a carochinha e o João Ratão (Ahahah!), à janela, ou então trocávamos cartas. Mas…., bastou uma troca de olhares e senti os teus lábios procurarem os meus, 
sedentos de desejo.
Sentir pela primeira vez, as tuas mãos na minha nuca, na minha cintura a puxar-me para ti.
Perdi a noção do tempo que ficamos assim, parecia uma eternidade, mas foram breves segundos.
ao ponto de deixar os nossos amigos desconfortáveis com o teu impulso.
Sei que despertaste algo em mim, que estava adormecido. Mas não me queria ficar só pelo beijo.
O meu corpo pedia por algo mais. Precisava te sentir.
Depois daquele beijo, o lanche parecia que demorava uma eternidade a terminar, queria-te só para mim.
Mas sei que não ficaste imune ao beijo, pois as tuas mãos percorriam as minhas pernas, pondo-me num estado febril, em erupção.
Tive de inventar que precisava de ir para casa, mas o que realmente queria, eras Tu!.
Deixaste-me em casa.
No patamar da entrada puxei-te para mim, senti um urge desejo de saborear essa boca, esses lábios carnudos, perfeitos.
Não resistis-te à minha investida e eu muito menos me deixei intimidar, quando me encostaste à parede e pude sentir todo o teu corpo, pressionando o meu.
Foi o primeiro de muitos e ainda é… <3 <3
©Lola 2017 #69Letras

Senti…Sem ti!

Sinto-me um cobarde, só…derrotado pelo destino…(sem ti)
Na (in)certeza de sentir (sem ti…)
Na (in)certeza de viver (sem ti…)
Dou comigo rodeado de muitas pessoas…mas incrivelmente só…
(Sobre)vivendo à tua ausência
Escrevo mentalmente centenas de parágrafos, numa orgia de letras e sentidos. Confesso vontades, sobre a forma de pedidos de clemencia…para diminuir a solidão…! Suplico por mais um pouco de ti…só mais um pouco…! Peço pouco….mas sou ganancioso de mais….porque realmente quero é tudo!
Um querer não de posse ostensiva…mas de necessidade oculta…de fome…
Faminto do teu corpo, sequioso da tua alma…
Consumido pelo teu olhar…senti…
Sem ti…..senti a impotência…a dor da ausência…
Sem ti… senti…

palavrasquequeimam  2017 #69Letras

Dia de aniversário I

Dia de aniversário I

“Ficamos combinados?”
Um pouco desconfiado , confirmei com uma curta sms.
“ok…”
Porque não aceitava ir beber o café ou um copo por ai?
Sempre poderia tentar despi-la …
Na casa da mãe onde me queria dar a prenda , seria um stress…
Cuidados nas palavras e nos gestos…
A hora combinada estacionei o carro.
“Cheguei… Desces?”

Continuar a lerDia de aniversário I

O beijo que me pedes…

O meu beijo em ti , tem a mesma intensidade do primeiro beijo em que te sonhei….

Pedes …
Mas o sentir de uns nunca é o sentir de outros , ou raramente é!
O meu sentir ultrapassa sempre as barreira … todas !!!

Não,não quero que me lembres nada ….
Só quero que sejas e o recebas como se não existisse nada para lembrar!
E deixa-me beijar-te, deixa-me tocar-te…
Deixa-me abusar das tuas vontades, libertar esse desejo das tuas tão intensas obscenidades…

Deixa-me soltar os arrepios que tanto escondes por baixo da pele!
Deixa-me ler-te o querer apenas nos gestos e no olhar!
Agarra-me … cede, olha-me nos olhos, uma vez que seja!!

O meu beijo em ti é sempre carregado de mim e das minhas vontades , de desejo e de querer… tal qual como te sonho ! Tal qual me sentes! Tal qual sabes que te sou!

Como torno real cada pedacinho teu que tenho ?!
Como consigo que Me olhes com desejo, sem tu sentires,sem me veres?!!
Com a vontade do meu querer-te!
E quando me olhas … o meu corpo responde ao teu chamado, a minha boca enche-se de vontade, a minha pele reage como se sentisse a tua !
E premente de desejo deslizo em ti …saboreio-te… e sinto-te vibrar ao tocar com o meu beijo a tua boca ..
Sim , consigo, sentir-te sem me veres!! E tenho-te ali no meu sonho, onde me desejas tanto quanto eu a ti!

                         Agora tu , concentra-te…
                                        lê-me nos olhos e sente-me!

©My Sighs 2017 #69Letras

Tantos, os meus beijos teus!

Quantas vezes desejaste a minha boca ..
Quantas vezes imaginaste o sabor do meu beijo…

Quantas vezes quiseste sentir o calor dos meus lábios em ti!?
Quantas vezes imaginaste a sensação e sentiste a reação do teu corpo?
Quantas vezes, no teu canto, foi a minha boca que beijou todo o teu corpo …. na procura de saciar o teu desejo !
E uma vez encontrado e saciado,foi a minha boca que te recebeu , delirante de tesao de me ter!

Tantas vezes recebes o meu beijo …
Será que o sentes como to mando ou como o desejas …
E será que o desejas ou só o queres ….

©My Sighs 2017 #69Letras