Sou Put@, e que? (Parte 1)

Estou num daqueles dias mesmo caóticos. Tudo me corre mal desde que acordei. Acabei de chegar a casa e tenho de me despachar, pois tenho uma saída marcada com umas amigas. Tiro a roupa e entro para o duche. Abro a agua e: “Ahhh!” Merda não tenho agua quente. Mas que mal fiz eu para…

Até breve…

Purpura princesa que a olhos vagueia, entre lobos acantonados nas cercanias, acorda de teu pesadelo que o corpo te medeia, não existem medos, nem urzes queimadas em serras vadias. Purpura princesa, de caminhos trilhados, vontades despertas em acampamentos de corpos lavrados, por essa vontade incerta de mexer em amor deitados, no suor agreste da mente…