Sou Put@, e que? (Parte 1)

Estou num daqueles dias mesmo caóticos. Tudo me corre mal desde que acordei. Acabei de chegar a casa e tenho de me despachar, pois tenho uma saída marcada com umas amigas. Tiro a roupa e entro para o duche. Abro a agua e: “Ahhh!” Merda não tenho agua quente. Mas que mal fiz eu para…

…retornarei à cama onde o meu amor ainda não amanheceu.

  Pode até nem acontecer, ainda assim não deixo que os meus sonhos murchem nem que meu olhar se torne baço. Que não se engane quem me vê absorta pela paisagem não é os prédios que me rodeiam que observo, nada disso, estou mais à frente, mais adiante, numa viajem que só eu embarco. Sorrio…

O mundo despertava e nós também.

  Cortamos laços com o dia lá fora contrariámos a rotina, transformámos o sol em noite e tornámos-nos mais uma vez amantes. O relógio foi atirado para uma gaveta qualquer, os telemóveis desligados, fechamos a porta e deixámos a responsabilidade lá fora. Tantas pessoas a quem responder mas não quisemos saber. Foi aquela vontade de…