Arquivo de etiquetas: reinvento

É o quanto basta para te sonhar e esperar.

35967dd32370eaf9776b545fe3439fe9

É,
Eu ainda agarro esta ideia, louca ilusória e infantil!
Pois que seja. Eu sonho, invento e reinvento, desejo ardo e espero.
Perfumo-me de sonhos, de cores suaves e castelos encantados.
É, ainda acredito e é por isso que te sonho!
Ah se soubesses o quanto eu sonho contigo e o quanto pareces real…!
Farei qualquer coisa para te ter para mim, a ti que te invento e não tens rosto, cor, cheiro ou sabor, não tens voz nem calor.
Conheço a tua alma, o teu coração o que te faz sorrir e chorar, mas se me cruzar por ti na rua, como te irei encontrar se tudo o que invento de ti é uma silhueta que não se assume e teima em demorar?
Oh! Tu és real, e eu espero e perco-me em momentos que um dia iremos viver, antecipo o teu abraço e a mais bela história de amor.
Dizem que não existes, não és real, que és o sonho que nunca será correspondido, a canção que nunca ninguém cantará, o por-de-sol que ninguém tocará, o arco íris que ninguém roubará!
Dizem eles mas não digo eu. É o quanto basta para te sonhar e esperar.
Eu não vou desistir nem me entregar a outro alguém que não tu, apenas porque tardas e podes nunca mais chegar.
Eu vou estar aqui, e vou ter-te para mim.