Arquivo de etiquetas: rapido

Correr

Correr rápido;

Tão rápido

Que, por muito que corram,

Nunca me irão apanhar.

Correr para longe;

Tão longe

Que, por muito longe que vão,

Nunca será suficiente.

Correr sozinha;

Tão só

Que, por muito que olhem,

Nunca verão mais ninguém.

Correr feliz;

Tão feliz

Que, por muito que tentem,

Nunca me vão magoar.

Correr triste;

Tão triste

Que, por muito que me doa,

Nunca irá acabar.

Correr livre;

Tão livre

Que, por muito que tentem,

Nunca me irão prender.

Correr com lágrimas;

Tão chorosas

Que, por muito que as sequem,

Nunca irão parar de cair.

Correr leve;

Tão leve

Que, por muitos pesos que tenha,

Nunca me conseguirão parar.

Correr rumo ao desconhecido;

Tão incerto

Que, por muito que me avisem,

Não me irão demover.

Correr por amor;

Tão apaixonada

Que, por muito que tentem,

Não te irão tirar do meu coração.

Correr por correr;

Tão bom

Que, por muito que me mandem parar,

Nunca pararei de correr.

Correr

Simplesmente correr.

© Fox 2017 #69Letras

Uma noite que nunca mais vou esquecer…

Texto Erótico|M18
Há uma noite que nunca mais vou esquecer… Era Verão, por volta da uma da manhã e estava imenso calor. Estava eu a passar na Rua Dr. Manuel Espírito Santo em frente a escola EB 2 e 3 de Luís António Verney quando avisto um casal no pátio da escola aos beijos… Só reparei neles porque não eram meros beijos, eles beijavam-se intensamente. Notava-se bem o desejo mútuo entre eles. Sem consciência do meu ato, escondi-me atrás de um dos arbustos e fiquei a velos. Vejo o homem encostar a mulher a parede e suas mãos deslizarem para um dos seios da mulher, com um movimento rápido sua blusa e sutiã desceram para sua cintura o que deixou a vista uns belos seios espetados. Aquele homem cheio de fome agarra num dos seios e começa a chupar. Vi aquela língua percorrer cada centímetro dela e desejava que fosse eu… Levei a mão esquerda aos seios e a direita a coxa. Como estava de vestido bastou-me deslizar à mão em direção a minha vulva e sentir o quão molhada já estava simplesmente vendo aquele casal se amar. Ele levantou a saia da mulher virou-a de costas para ele e desviando sua cueca penetrou-a bem fundo e forte. Ela deu um grito que se transformou num intenso gemido. Enquanto ele investia nela eu penetrava-me com dois dedos. Os meus movimentos estavam sincronizados com as investidas dele. Levei os dedos a boca para me saborear e penetrei-me novamente… As investidas começaram a ser mais rápidas e os três atingimos a êxtase ao mesmo tempo. Sem dar tempo para recuperar o fôlego apressei-me a recompor-me e a sair dali, para que ninguém me visse. Com passos rápidos encaminhei-me para casa do meu namorado e cheia de desejo passei uma noite intensa e prazerosa com ele.

Peregrinus #69Letras

Imagem: Taylor Hill by Miguel Reveriego

Gelados. A qualquer hora em qualquer lugar!

Maiores de 18 | Dirty Minds

A ansiedade tomou conta de mim e eu já salivava perante a ante visão daquele sabor.

Cuidadosamente tirei-o para fora
entreabri a boca e aproximei-me da ponta,
já conseguia sentir a temperatura….
meu corpo quente desejava toma-lo de uma vez…
mas não…
vamos prolongar mais um pouco…
umedeci meus lábios
e num suave e leve encostar de lábios saboreei-o pela primeira vez.
O calor tomava conta de mim,
minha língua massajava-o em toda a sua extensão.
Agarrei-o pela base e meti-o finalmente nos meus lábios.
Em ritmos constantes meu olhar brilhava com satisfação,
aquele sabor era divino,
era impossível parar de o chupar.
Quanto mais o chupava mais o queria,
não aguentei e de uma vez engoli-o todo
e lentamente o retirei da minha boca.
mmmm sorri a olhar para ele,
era belo e delicioso uma verdadeira tentação.
Chupei-o com vigor por uns minutos mais,
por fim,
satisfeita,
lambi o que escorreu para os dedos….
Soube-me mesmo bem…
Aquele gelado!

Gelados. A qualquer hora em qualquer lugar!

 

© 👠Cátia Teixeira, Vizinha 69 Letras 2015


Obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

Regista-te em www.aubaci/69letras

 

O tempo tem vida própria

image

Sim deixa o passar , de preferência envolto em vendavais .
Feito tufões intermináveis .
Deixa o passar , mas que passe rápido e leve com ele tudo que pesa e nos deixa mal.
Mas o tempo ah , o tempo tem vida própria e por vezes , só para contrariar vem feito brisa suave .
Vem feito arrastão preguiçoso.
Mas passa tempo , passa ao teu ritmo , nada mais me resta senão esperar.

Raven