Rende-te ao meu prazer!

-Olá, posso te oferecer uma bebida? Volto para trás e dou de caras com ele… e as minhas pernas congelam uma vez mais… deixo cair o copo do orgasmo… Mal empregado líquido para ir ao chão… Tento gesticular uma palavra que seja mas…nada…nada sai desta boca seca. Ele repara no efeito que tem em mim….