Provocas-me…

Provocas-me… Sinto o teu toque, que traças em mim como se fosse real, como se os meus dedos fossem os teus… Quase que consigo sentir o teu cheiro que me inebria e deixa sem reacção… Suponho o gosto do teu beijo doce, sôfrego e tão desejado… Imagino o calor do teu corpo no meu, que…

Permites que te deseje?

Provocas sabes? Não… Tu sabes provocar… Gostas de ser mulher… Tens prazer em sentir que és desejada!! Saber que existo na tua mente quente de fêmea é excitante! Não nego! Desejar alguém tão segura de ser mulher é mais forte que eu! O teu prazer em ser observada com desejo é sensual Tu um espelho…

TOQUE!

O meu corpo não esquece… Quando tu lhe tocas… E aquele arrepio… Que em mim provocas… Tu és… O arrepio na espinha… Quando a tua pele nua… Toca na minha… E todas as noites… Quando eu me deito… Sinto o teu rosto… Encostado ao meu peito… Vagueias no meu pensamento… Invades-me a Alma… E abraças-me…

Esses lábios um dia…

Ai esses lábios! Sabes que me provocas sempre que os vejo, fazem sempre a minha imaginação fluir!!! Aposto que eles devem envolver e deslizar assim bem devagarinho… Imagino que a tua língua deve ser macia… quente… deslizante… provocante… curiosa… deve acompanhar na perfeição esses lábios que colam de mansinho quando encontram outros que lhes apeteçam……