A minha SOLIDÃO tão minha

Hoje para variar um pouco vou-vos abrir a minha alma, parte dela pelo menos. Aqui há pouco tempo, alguém que nos segue na página e conhece a minha verdadeira identidade, pessoa que muito estimo questionou-me se não me sentia Só. Quem me lê com alguma regularidade deve-me achar um tarado ou pervertido, quem me conhece…