Arquivo de etiquetas: prazer

Eu ainda lembro…

Não estás a ser justa!!
Porra!!
Pediste pela tua sanidade mental que te deixasse ir…
E a minha sanidade??Apareces assim??
Com esse ar de mulher bela e quente…
Olhos rasgados!!
Boca semi aberta pelo sorriso e por promessas de prazer…
Sim!!
Eu lembro bem desse vestido… Continuar a lerEu ainda lembro…

Perfume…

Hoje não sou eu…
Também tenho os meus momentos de insanidade controlada que me descontrola. Continuar a lerPerfume…

Quando os meus olhos se fecham….

Quando a noite cai e os meus olhos se fecham, vejo-te a correr livremente pelo meu pensamento, de cabelo solto ao vento, feliz como as chitas de Shamwari.
Vagueias em mim de pés descalços, de seios despidos, de sorriso rasgado e com o sol a clarear esse teu corpo de menina feito mulher.
Teimas em chapinar nas poças das minhas ilusões, baralhas-me a razão e excitas-me com o teu perfume de flores silvestres e águas bravas de Niagara.
Sinto-me teu, tão teu, que chego a tocar o teu corpo imaginado, a beber dos teus seios, a morder a tua vulva selvagem.
Perco-me nos teus cabelos. Agarro-os com força, quase tanta quanta a força que abuso do teu quadril.
Beijo-te o ventre, deslizo a minha língua descontrolada pelo teu corpo, acaricio-te o rosto, sorris, para por fim beber do mel que jorra de ti.
Sou teu, sabias?
#PSassetti 26.06.2017
#69Letras

Não me tentes por favor….

Raios!!! …
Raios!!! …
RAIOS MULHER!!!!
Porque teimas em sorrir assim para mim?
Porque lanças esse teu charme carregado de pecado no olhar e pronuncias os teus mamilos quando chegas fresca pela manhã?
Porque continuas a encher o escritório com esse perfume de desejo?
Já te disse que não…. não pode ser….sabes que não podemos…. és a mulher do meu chefe, raios mulher, controla-te!!! Faz-me controlar….
Amaldiçoado seja o dia em que te mostrei o que escrevo, em que te abri um pouco deste meu mundo secreto onde sou eu, e em que tu subiste o teu vestido para meu deleite e estupefacção.
Maldito seja o dia em que te beijei, em que te roubei o primeiro beijo e em que provei o mel que escorria em abundância pela tua vulva.
Esquecido seja o dia em que te suguei sem medo esses mamilos doces como laranjas, que me enlouquecem.
Não pode ser, não podemos… não posso voltar a abusar da tua boca, nem tocar a tua garganta com o meu membro em brasa, enquanto que a tua língua empenhada se delicia à minha passagem.
Não podes voltar a olhar-me fixamente enquanto que a tua boca abusa de mim sem freios incapaz de parar.
Não podemos, não devemos repetir os orgasmos compassados e abundantes que tivemos, quando sem aviso te invadi esse teu rabo empinado, fazendo-te soltar gemidos e gritos que invadiram toda a sala, até o meu suco jorrar como um rio bravo na tua boca.
Não podemos!
Desculpa….. não podemos….. não me tentes…..
…. não resisto….
#PSassetti
#69 Letras 23.06.2017

Para que querem amar?

 

O amor é uma chatice!!
Para que raio querem vocês o amor?
Já pensaram que é a paixão que vos arrebata??
Que faz os pés ficaram leves e as borboletas esvoaçarem.
O amor é um sentimento muito mais morno!!
A diferença entre o prato que adoras, acabado de fazer,
ou passado pelo microondas.
É quente, mas não tão vivo no paladar.
A paixão é tes@o a percorrer o corpo.
O simples tocar na pele faz nos vibrar…
São vontades sem racionalidade!!
Pouco pensadas e muito sentidas…
O amor …??
A própria palavra parece que se arrasta…
Até para a dizermos já pensámos…
“Será que é???”
Todos temos certeza do que é sentir paixão!!
O amor nem por isso…
Tem de ser tão explicado e pensado…
Loucura na paixao.
Cuidados no amor.
Dizem que primeiro vem a paixão e a seguir o amor?
Quase como dizer…
“Cuidado que está quente…
Espera que arrefeça…”
Beijar …
Beijar com paixão e tes@o!!
As mãos perdidas à procura de sentir o corpo que nos beija!!
Roupas arrancadas à pressa…
Não sentimos metade da vontade de falar das chatices…
Queremos sentir!
Sentir nos na pessoa que nos acorda o corpo!!
Tocar!!
Ter!!
E o amor??
O amor é tão explicado que até o tempo em que nos amamos é contado quando enfim se esvai….
Para que raio querem amar??
Loucurem-se na Paixão!!

©Read Mymind 2017 #69Letras

Mais forte do que Eu!

 

Vai-se lá saber porquê…
Por mais voltas que dê ao pensamento!!
O que sinto é tão mais forte do que eu!!

Há quem diga que ainda sufocamos com esta mania de guardarmos tudo!
Normalmente somos vulneráveis como seres humanos flexíveis, calados, acabamos por estrangular o pensamento de uma forma crua e dolorosa!

Por isso falo, escrevo, sussurro,
com todas as minhas letras,
com todos os meus sentires!
Mas tão depressa o faço como me censuro e me calo,
resguardo-me no meu canto!

Não quero ser como uma imagem em bruto da essência do que sou, para ser exposta como arte de rua,
para ser observada e depois condenada pela triste ignorância dos mais incultos em assuntos de sentires!

E eu sei lá porquê…
Se o que não digo já me ocupa tanto,
vivo com os espaços internos lotados que até os pensamentos se atropelam!!
O tempo que tenho ja é tão curto , tão escasso e cada vez mais raro!!

      E eu sei lá porquê…
                        Porque insisto …
                       Porque não me calo!?

©My Sighs 2017 #69Letras

Preliminares?? Sim? Talvez ? Ou depois?

 

 

“Preliminares”
Acho que é assim que se escreve
Saber fazer ,depende das opiniões e vontades anexas à minha na ocasião
Fico com a ideia ao ler por ai que é obrigatorio que existam.
Conjugo eu preliminares neste contexto com minetes, botões de rosa, chupões, dedos e afins
Cenas fisicas… Nalgadas faz parte do acto
Para não perder o contexto…
Preliminares é como um diesel que tem de aquecer as velas primeiro para o piston conseguir uma boa queima no cilindro
Agora , pergunto eu …
Se a mulher te deseja emocionalmente e fisicamente, já não tem as velas aquecidas?
A lubrificação já não esta presente?
Porquê preliminares obrigatorios e não chamar pôsterminares obrigatorios?
Tudo tem de seguir um guião prédeterminado pela leitura da Maria?
Não há minetes antes, não f@des?
É isso?

©Read Mymind 2017 #69Letras