Arquivo de etiquetas: ponto G

Quantas vezes por semana?

Hello 69’s!!!

Cá estou eu outra vez porque é preciso falar de sexo!
Vamos a mais um tema…

E desta vez, um estudo da Universidade de Toronto-Mississauga diz que ter sexo uma vez por semana é o suficiente para um casal ser feliz.
Espantados?
Pois é, este estudo foi feito a mais de 25 mil pessoas com o objectivo de analisar a relação entre os níveis de felicidade e a frequência do sexo.
Os casais que tinham mais sexo durante a semana, não foi sinónimo de estarem mais felizes!  “Embora sexo mais frequente seja associado com mais felicidade, esta ligação não é significante se a frequência for superior a uma vez por semana,” disse Amy Muise, a investigadora líder do estudo, ao Daily Mail.
E mais, casais com relações estáveis afirmaram que sexo 5 vezes por mês é suficiente!

E agora, é ou não é?

Eu só tenho uma coisa a dizer: não-quero-fazer-parte-desta-estatística!

Contem-me tudo!

Kiss kiss

©Aphrodite 2017 #69Letras

 

Fonte: http://visao.sapo.pt/

Segredos de mulher

Olá, olá!
Já é terça-feira outra vez e cá estou eu para falar de sexo com vocês.
Hoje decidi trazer um tema para nós mulheres, visto que o “nosso dia” até está próximo!
Querem saber qual é?
Orgasmos! Vamos lá…
Um estudo realizado em conjunto pela Universidade de Chapman e a Universidade do Indiana, conta-nos que 65% das mulheres (heterossexuais), conseguem atingir o orgasmo durante o sexo. Já nos homens, o valor eleva-se para os 95%.
Mas como hoje o tema é centrado nas mulheres, vamos falar sobre isso e não sobre homens. Portanto, segundo esse estudo, há um relatório publicado no Archives of Sexual Behavior, onde se diz que existe um “trio de ouro” para as mulheres.
Isto é, beijos (beijos booooons), sexo oral (receber, pois claro) e estimulação dos órgãos genitais, são os três segredos para as mulheres terem mais orgasmos.

O que me dizem vocês? Sim ou não?

Eu voto no SIM!

Até para a semana!

Kiss kiss

©Aphrodite 2017 #69letras

Fonte: http://observador.pt

Amizade com “benefícios”. Sim ou não?

Porque é preciso falar de sexo e porque é terça-feira, cá estou eu!
Desta vez, venho partilhar com vocês um estudo realizado por Heidi Reeder, da Boise State University, nos Estados Unidos, que conclui que 76% dos casos em que amigos têm relações sexuais, a sua amizade fica fortalecida.
Dos 300 entrevistados, cerca de 20% dos homens e mulheres afirmaram já terem feito sexo pelo menos com um dos seus amigos.
Incrivelmente ou não, 76% afirmaram que a amizade melhorou desde esse momento.
Ora, isto põe por terra a ideia mega romântica de que sexo fora de um relacionamento cheio de corações, flores e outras-coisas-fofinhas, leva ao desgaste emocional e consequentemente ao fim da amizade.

A meu ver, para quem souber e conseguir separar as coisas esse desgaste acaba por não acontecer. Ninguém deve nada a ninguém, logo nada melhor que uma sessão de sexo para aliviar o stress do dia a dia. Agora se uma das partes de apaixonar… É que a coisa complica!!! Começa-se a querer as tais flores, os tais corações, palavras bonitas, atenção, começam os ciúmes… E por aí fora!
Ainda assim, mesmo estudo revela que 50% acabou por começar a namorar com o “amigo com benefícios”. O amor acontece, não é verdade?

E vocês o que dizem? Sim ou não? Melhora ou piora a amizade? Seriam capazes de ter um relacionamento assim?

Contem-te tudo!

Kiss kiss, Aphrodite

 

 

Fonte: http://activa.sapo.pt/

 

 

Homens & Sexo oral

Porque é preciso falar de sexo, cá estou eu!

E hoje trago um tema para discutir com vocês, que me deixou quase quase chocada. Ora então, um estudo realizado por uma empresa chamada Sex Wipes, revela que 43% dos homens não gosta de fazer sexo oral à sua parceira. Isto é uma tragédia, a meu ver!
Portanto, se me está a ler e faz parte destes 43% continue a ler por favor! Os outros 57%, continuem a ler também porque vão gostar de ter noticias sobre a vossa saúde. Ah pois é!!!
Bom, continuando… As causas apontadas para não o fazerem, ou o evitarem fazer às suas companheiras, são nada mais nada menos que………. O sabor, o cheiro, os pelos, a vagina não ter uma beleza apelativa, medo de contrair doenças e até questões religiosas. Dá para acreditar nisto?
Eu cá acho que isto é tudo uma questão de comunicação e intimidade, neste caso falta de ambas!
Até porque e agora muita atenção ao que vou escrever… Outro estudo realizado por um grupo de investigadores da State University of New York, nos Estados Unidos, revela que fazer sexo oral faz bem à saúde!!!! Tanto de quem recebe como de quem o faz! Isto é quase como que juntar o melhor de dois mundos, ou não é?!
Reduz o stress, a ansiedade, relaxa, melhora a qualidade do sono e claro, da intimidade também! Isto acontece porque são libertadas hormonas que fazem maravilhas pelo nosso corpo e segundo consta vão até prevenir algumas doenças.

É preciso mais razões para fazerem sexo oral às vossas princesas?

Sejam saudáveis!!!

Kiss kiss, Aphrodite

Fonte: https://catracalivre.com.br

Como encontrar o Ponto G (mulheres) e o Ponto P (homens) |Video|

   “A sexualidade é um componente da boa saúde, inspira a criação e é parte do caminho da alma.”

― Isabel Allende

 

 

 

Fonte: K Med

Link: https://www.youtube.com/watch?v=GT1hErAK0JU

A minha imaginação divagava com ele por perto

TEXTO ERÓTICO M|18 🔞🔞🔞🔞🔞🔞


Conhecemos-nos na cafetaria da universidade e todos os dias os nossos olhos cruzavam-se e não pronunciávamos uma única palavra. Só um simples sorriso.
Ele tinha um 1,74, olhos pequenos e cor mel, feições rudes, cabelos pretos mas com raiados de alguns brancos. Corpo atlético bem delineado. Cada vez que o via passar perdia-me, a minha imaginação divagava.

Um dia, quando nos cruzamos, ouvi a sua voz grossa e rouca a convidar-me para jantar, senti o meu coração acelerar de excitação. Já há muito que ansiava esse convite, mas nunca pensei que fosse para um jantar. Balbuciando aceitei.
Trocamos os nossos números telemóvel.
Mal tinha acabado de sair de ao pé de mim, recebi um SMS:-” Adoro o teu cheiro. O teu corpo. Veste algo sexy. Vou-te buscar as 19h.”

Tomei um duche, passei o óleo de amêndoas doces pelo meu corpo.
Vesti uma lingerie preta, meia de liga, o meu vestido preto com decote em V nas costas e na frente, salto alto.
Passei pelos ombros o meu casaco de pelo, ouvi tocar a campainha.
Abri, era ele.
Senti os seus olhos transformarem-se de luar para sol, extasiado e de boca semi aberta, estendeu a mão, sorriu e disse:- Vamos!” – Assenti.

Fomos o percurso todo calados, a ouvir uma música soft e envolvente. Senti-a a mão dele de vez em quando à procura da minha e olhava-me de relance, como se quisesse dizer que estava tudo bem.
Chegamos a um edifício que impunha respeito, fachada medieval, o porteiro abriu-nos as portas e subimos até ao ultimo andar.

Quando chegamos o apartamento quase que parecia uma penthouse, se não fosse o o tecto em abóbada, com imagens de santos, as paredes de cor purpura, a iluminação a meia luz e musica ambiente soft. O que me deslumbrou mais a atenção foi a paisagem, o vitral da cidade a noite visto do lado dentro.
Senti-o tirar-me o casaco, sobressaltei ao sentir a boca dele, os lábios que me queimavam a carne a passar suavemente pelo meu ombros desnudados, pelo meu pescoço. Arrepiei-me..
Virou-me para ele e beijou-em apaixonadamente, sofregamente, as minhas pernas viraram borracha. Ele sentiu e abraçou a minha cintura e puxou-me ate ficar colada ao corpo dele e sentir toda a sua virilidade no auge.
Despiu-me o vestido, pegou-me ao colo e coloco-me em cima da mesa vidro. À luz do luar e da meia luz, apreciou admirar o meu corpo, até voltar de novo ao ataque, como se eu fosse um presa.

Beijou-me os lábios, desceu pelo meu pescoço, entreteve-se pelos bicos do meu peito. Senti a sua língua quente percorrer o meu corpo até ao umbigo, como se fosse um rio. Abriu-me as pernas e afundou-se naquele lago de prazer.
Arrancou-me gemidos, fez-me entrar em erupção e não satisfeito…Penetrou-me. Senti-me meia a desfalecer de tanta tesão e prazer, aquele membro que deslizou até ao meu ponto G, fazendo o meu corpo delirar, vibrar.
Não me aguentava mais, soltei um rugido, um grito de prazer daqueles que vem do fundo da alma.

Senti que ele também não aguentou, abraçou-me e senti a sua voz rouca gemer até sentir toda a essência dele.
Pegou em mim e levou-me para o quarto…
Pensei que tinha ido para jantar, no entanto saltamos do jantar para a sobremesa…

©LOLA 2016  #69Letras