15 Chocolates…

Texto Erótico | M18 Estou farta de estar à espera!!! Disseste que estavas a sair há uma hora atrás quando por norma demoras 10 minutos! Preparei-me para te receber, a pele a cheirar a mel, a lingerie rendada turquesa que me ofereceste sobre a mesma! Já liguei várias vezes, e vai directamente ao Voice Mail……

Já não tenho tempo para ti! 

Já não tenho tempo para ti… Porque em nós, o tempo não resiste… E perdemos a noção do tempo… No Amor que em nós existe… Hoje não tenho um minuto para ti… Porque em nós, um minuto dura dias… E nos beijos que trocamos… Nossos lábios, declamam Poesia… Já não faço contas… Ao tempo que…

Sensorial…

Leio-te… As tuas letras são música numa pauta de maestro onde apenas quem sente a tua melodia saberá o que significam… Vejo-te… És uma bela e hipnotizante pintura, de pinceladas e contornos magníficos onde apenas quem tu permites ver conseguirá decifrar esse teu olhar e brilho… Ouço-te… A tua voz é um deleite para meus…

Só mais uma vez…

Texto Erótico|M18 Chega o final de tarde de mais um dia cheio de calor. Lá estava eu a relaxar na cama de rede presa às árvores, exausta de um dia de praia, a ouvir o som da natureza. “- Queres café?” – Aquela voz não me era estranha mas eu nem cheguei lá só queria…

SABERÁS TU MEU AMOR!!

Saberás tu, quantas vezes… A minha Alma te chama… E que as insónias à noite… São companheiras da minha cama… Que não durmo a pensar em ti… E se adormeço, sonho contigo… Saberás tu, que meus braços vazios… Sem o teu corpo, são o meu castigo… Saberás tu, quantas vezes… Eu choro em silêncio… E…

SEM TI!

Sem ti… Sou barco à deriva… Sou vida sem Destino… Sou vida sem sina… Sem ti… Sou lágrima no olhar… Sou apenas Vontade… Neste Desejo de te Amar… Sou Dor… Onde me falta a Alegria… Sem ti sou o negrume da noite… Sem esperança de haver dia… Sem ti sou Cruz de Cristo… Onde, crucificado…

NÃO ME ABANDONES A ALMA!

Não me abandones a Alma… Quando a minha Alma te chama… Não me deixes dormir sozinho… Quando te quero na minha cama… Não me deixes ir embora… Algema nossos pulsos… E no Amor dos teus braços… Descontrola meus impulsos… Quero que me abraces forte… Tão forte… E me sufoques esta dor… Quero ver nos teus…