Arquivo de etiquetas: poema

Beija-me

Beija-me

Como se o amanhã

Não fosse chegar

E hoje fosse o derradeiro dia

Para me amar.

Continuar a lerBeija-me

A tristeza

Ela chega e ataca.

Sem dó nem piedade.

Magoa-nos com tudo o que encontra.

Traz-nos memórias antigas sem pedir permissão.

Ela apodera-se do nosso coração.

Com ela vêm as lágrimas quentes que caiem em silêncio.

Os pensamentos negativos entram na nossa mente.

Faz-nos confundir o ódio com o amor.

Provoca sentimentos que não queremos sentir.

Cala-nos a voz.

As palavras de nada servem.

A tristeza.

Muito mal nos provoca.

Mas o amor permanece.

Por muito que a tristeza nos destrua

O amor mantém-se.

Não se sabe porquê.

Não se sabe como.

Só se sabe que:

O amor é mais forte.

 

© Fox 2017 #69Letras

Pequenos gestos

Aparece.

Quero ver o teu ser.

Olha.

Quero perder-me no teu olhar.

Sorri.

Quero sonhar com os teus lábios.

Aproxima-te.

Quero estremecer com a tua presença.

Toca.

Quero arrepiar-me com a tua pele.

Respira.

Quero a certeza de que sentes.

Beija.

Quero provar o teu sabor.

Abraça.

Quero arder no teu calor.

Fala.

Quero ouvir a tua melodia.

Promete.

Quero ter-te para sempre.

Sente.

Quero sentir o teu coração.

Ama.

Quero viver o teu amor.

© Fox 2017 #69Letras

Perto ou Longe…?

Tão perto e tão longe

À distância de um toque,

De um sorriso,

De um olhar,

De uma palavra,

De uns metros,

De um telefonema,

De uma cidade,

De um oceano,

De uma estrela,

À distância de um mundo.

O teu beijo nos meus lábios,

O teu toque na minha pele,

O teu cheiro na minha roupa,

O teu sorriso no meu olhar,

O teu olhar na minha mente,

A tua voz no meu ouvido,

O teu reflexo em mim.

O teu reflexo num espelho quebrado,

A tua voz num eco solitário,

O teu olhar noutro lugar,

O teu sorriso nas estrelas,

O teu cheiro na brisa suave,

O teu toque em cada gota de chuva,

O teu beijo perdido no ar.

Tão fácil de encontrar,

Tão difícil de ter.

Tão fácil de sorrir,

Tão difícil de falar,

Tão fácil de amar,

Tão difícil de esquecer.

Tão perto do meu coração,

Tão longe do meu ser.


Obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

Regista-te em www.aubaci/69letras

Com os seus olhos me fascinou

Com o seu sorriso me encantou

No mistério se envolvia

Quando me sorria era pura magia

Dávamos as mãos

E ouvíamos o coração

No silêncio de um olhar

Voávamos pra um lugar só nosso

Lá, em sonhos perdidos

Entre risos distraídos.

Lá, em sítios distantes

Onde eramos amantes.

Lá, onde tu e eu

Eramos nós.

Mas a realidade era diferente

Não nos deixou seguir em frente

Perdi-me no tempo

Contigo no pensamento.

Não sei onde estou

Nem para onde vou

Mas quero-te comigo

Para a vida ter sentido.

Lá, em sonhos perdidos

Entre risos distraídos.

Lá, em sítios distantes

Onde eramos amantes.

Lá, onde tu e eu

Eramos nós.

Lá, onde tu e eu

Onde eu e tu

Eramos…nós.

© Fox 2017 #69Letras

Ouve

Ouve

Ouve a chuva,

Ouve o vento,

Ouve os animais,

Ouve o rio,

Ouve as folhas,

Ouve a música,

Ouve o riso,

Ouve o choro,

Ouve as histórias,

Ouve as vozes,

Ouve as palavras,

Ouve os suspiros,

Ouve o silêncio,

Ouve o que digo,

Ouve o que sentes,

Ouve o amor,

O meu.

© Fox 2017 #69Letras

Amo-te como amigo e como amante | Biblioteca Online | Vinicius Moraes

Amo-te afim, de um calmo amor prestante,
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente,
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim muito e amiúde,
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

 

 Vinicius Moraes – Soneto do Amor Total – Poema