OFFLINE

Hoje é um daqueles dias em que a homicida que há em mim espreita por entre as minhas garras. Não há “pachorra” para aturar pessoas. Hoje devia ser-me possível fugir para um mundo, país ou ilha onde não as visse durante uma serie de dias. Intoxicam-me estes dias de ações incoerentes e conversas balão que…