Arquivo de etiquetas: perto

Perto ou Longe…?

Tão perto e tão longe

À distância de um toque,

De um sorriso,

De um olhar,

De uma palavra,

De uns metros,

De um telefonema,

De uma cidade,

De um oceano,

De uma estrela,

À distância de um mundo.

O teu beijo nos meus lábios,

O teu toque na minha pele,

O teu cheiro na minha roupa,

O teu sorriso no meu olhar,

O teu olhar na minha mente,

A tua voz no meu ouvido,

O teu reflexo em mim.

O teu reflexo num espelho quebrado,

A tua voz num eco solitário,

O teu olhar noutro lugar,

O teu sorriso nas estrelas,

O teu cheiro na brisa suave,

O teu toque em cada gota de chuva,

O teu beijo perdido no ar.

Tão fácil de encontrar,

Tão difícil de ter.

Tão fácil de sorrir,

Tão difícil de falar,

Tão fácil de amar,

Tão difícil de esquecer.

Tão perto do meu coração,

Tão longe do meu ser.


Obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

Regista-te em www.aubaci/69letras

O corpo já nem responde é como se não fosse meu.

12417977_1649994601912937_7954109974051190269_n

Bem nunca estou quando não me sinto completo,
bem nunca me sinto se não te tenho por perto.

Quero sentir a tua fragrância o teu cheiro misturado no meu,
só não vê quem não quer o sentimento que ainda não morreu. Admito de corpo e alma que sou teu
O corpo já nem responde é como se não fosse meu.

Perdi o controlo de mim próprio pois o que comanda a vida são sentimentos,
e como eu sinto…!
Precisas de mais argumentos?

CJah #69Letras

 

 

Sou uma pessoa e não posso sentir?

efa9d02a35b32de281974751c68f171f

A alma parte, o coração deixa de bater e o corpo esfria, e o teu coração fica vazio.
E tu, és obrigada a partir também, seguir em frente ‘dizem’. Mas seguir para onde?
De repente, tu tens de fingir que não é nada contigo e a encarar a morte de quem sempre ocupou o teu peito como algo banal. Natural! Porque a vida continua ‘dizem’ eles. Continua para onde?
De repente, chorar, pensar nele, não faz sentido, não o deves fazer, porque sofres, ‘dizem’…
O quê? Não posso chorar a partida do meu amor?
Não posso falar dele? Não posso reviver o passado, umas, duas, infinitas vezes porque me faz mal e tenho de seguir em frente?

Espera!
Sou uma pessoa e não posso sentir?

Não posso chorar, espernear, desesperar, sonhar, questionar e gritar a dor que tenho dentro do peito? Dor que se vê no olhar e na ausência do sorriso?
Um dia… ele já não vai estar em mim… ou tão em mim.
Hoje ele está e eu vou chorar, sentir e sofrer a sua partida.
Eu quero sentir. Quero!
Quero sofrer. Chorar. Reviver…. simples acções que me fazem senti-lo por perto…
Seguirei em frente quando me quiser soltar…. mas não é hoje, ou amanhã!
Não abro mão de o deixar de sentir…

© Cátia Teixeira 69 Letras 2015