O livro acabou….

O livro acabou, Mas as páginas continuam em branco  para ser preenchidas, Cada linha um momento, Cada página uma história, O livro não acabou , tu é que saltaste o melhor que estava acontecer, Perdeste o interesse de ler de me ler, foi mais fácil pular da capa  para a contracapa, Do que apreciar o…

Perdida e achada

Quando a minha alma estava nos perdidos e achados Tu vieste reclama-la Quando a minha alma sangrava pela perda Tu preencheste-a com alegria Quando a minha alma estava  perdida no limbo, sem rumo Tu resgataste-a  Iluminaste-a com todo o teu amor Fizeste-me abrir os olhos e ver que nem todos os caminhos  são sombrios Encheste…

Não sei o que escrever

Já não sei o que escrever Já não sei o que pensar Sinto uma revolta Uma vontade de gritar Os meus olhos tudo vêem mas nada conseguem assimilar meu cérebro vacila até a minha mão desvanecer no horizonte Já não sei o que escrever Esgotei as minhas palavras Sinto-me presa Presa num mundo sem cor sem…

Perdi-me

Perdi-me. E não me encontro. Perdi-me, Nas tuas pegadas junto ao mar, Beijadas pela luz do luar. Perdi-me, Na tua silhueta no horizonte desenhada Pelo sol da madrugada. Perdi-me, No teu corpo deslumbrante Pelo qual anseio a cada instante. Perdi-me, No teu peito poderoso Ao som do teu coração por mim ansioso Perdi-me, No abraço…

Indica-me o caminho

Indica me o caminho, Coloca me no caminho certo Pois ando perdida Perdida nas ruelas dos prazeres Momentâneos Indica-me como te encontrar Nesses trilhos ardilosos Indica-me o percurso para o teu coração Porque o meu já o roubaste. Se o destino assim entender que não pertencemos a estarmos juntos, Indica-me o caminho da felicidade Mesmo…

Amor e Ódio…

Não há passado que se sepulte sem o seu luto e tu teimas em não permitir o meu. Falta-me a derradeira conversa, tu sabes-o tão bem. Acredito que a ti também falta. Tenho para mim que ainda estás perdida entre o ódio e o amor que me tens. Se por um lado me odeias e…

Só me apetece desaparecer

Estou num daqueles dias que só me apetece desaparecer. Ir até uma praia deserta. Sentir a areia nos pés e um vento leve na cara. Sentar-me e desligar de tudo. Hoje estou assim – a precisar do meu cantinho para esquecer tudo e desaparecer por um tempo. Poder sentir o mar no meu corpo assim…