Exteriorizações da memória

Confesso que precisei de saber. Precisei de saber se realmente valeria a pena esperar e lutar por ti. Não foi fácil estar horas deitado no sofá a ouvir aquelas memoriosas músicas do VH1 que me[…]

Continue reading …

Corpo cansado mas guloso…

Hoje acordaste mais tarde, cansada e sonolenta. “Dói-me o corpo todo!” dizes-me com um sorriso safado. Não seria para menos. Os teus gemidos e suores, as nossas posições e as tuas suplicas durante todo o[…]

Continue reading …

Quando dois olhares se cruzam é porque as Almas se pertencem!

Olha…o que não te digo! Vontade de pegar no carro e ir ter contigo… Surpreender-te no sítio onde menos esperas. Talvez no trabalho, no restaurante…nas compras… Em qualquer lado onde estivéssemos rodeados de pessoas, presos[…]

Continue reading …

Quem sou eu?

Às vezes gostava de não ser eu. Gostava de ser outra pessoa. Gostava de ser uma desconhecida. E, na verdade, às vezes sinto-me como uma desconhecida. Não para os outros mas sim para mim. Sinto[…]

Continue reading …

A química da Mente

  O sabor que sentes num beijo , rebusca-te o pensamento e trás à boca toda a química que sentes fluir da pessoa que estás a beijar … que beijas com querer!!! Chamam-lhe “borboletas” ,[…]

Continue reading …

Não queríamos sair dali, por nada!

Eu não queria sair dali por nada …. Fechei os olhos, uma e outra vez, para continuar … Soltei os movimentos do corpo a despertar do sono mas não do sonho! Virei-me para ti e[…]

Continue reading …

Palavras sentidas.

Uso e gasto palavras … tão pouca gente vive de palavras e sentimentos e eu teimosa , continuo a esbanjar-las… Queria poder usá-las, olhando os teus olhos e vê las entrar … em ti! Ver[…]

Continue reading …