Penitência

Foste meu mais doce crime, hoje és minha mais tortuosa penitência. Começaste por ser um capricho, uma tentação, uma glorificação das minhas habilidades de sedução, como eu estava enganado, no meio do meu convencimento e auto-estima masculina deixei-te ludibriar. Não era eu, o mestre fantoche, eras Tu em todo o teu esplendor e beleza, perdi-me…

Filho de Medusa. Coração de pedra.

Residiu em mim um amor que me elevou aos céus era eu filha de Vénus e tu o meu pecado mortal. No segundo em que te comecei a amar minha casa se dividiu, meus pés aterraram no céus e meu percurso desde então foi sempre até ti, meus passos avistavam-se da terra, tal quadro que…