Arquivo de etiquetas: passione

Ele é apenas apaixonado por um amor que já sabe que existe.

12313667_1630854267160304_6654202027443334381_n

 

Nem sempre quando escrevo é sobre um rosto específico, na verdade foram vários os rostos que à sua maneira me marcaram e deixaram de si em mim. Então pego nos vários pedaços das várias paixões que guardadas, misturo-os como se pertencessem a uma só pessoa e é para este todo que escrevo. Um rosto que não existe composto por pessoas reais que não sendo perfeitas deram-me deliciosos momentos de felicidade e quando os junto, são eternos e perfeitos. Escrevo-os como se seguisse uma receita, 10gr de emoção, 100gr de abraços, uma pitada de sedução e levo ao forno a tesão e é assim que vou escrevendo pequenos textos.
Nem sempre quando escrevo estou apaixonada, acontece é que ja estive e da mesma forma que guardo tudo o que ja vi, faço o mesmo em relaçao a tudo o que já senti. E quando tenho vontade de puxar a caneta como quem puxa um cigarro deixo fluir a mescla de sentimentos através da tinta e escrevo curtas de paixão, desejo ou saudade!

?A Vizinha

Tudo começa por um beijo.

eba6a025b7d7da1445e7a218c15067b5

Tudo começa por um beijo.
Basta um beijo, um pequeno aproximar ou roçar de lábios para começar a agir como uma esfomeada.
Apenas um beijo teu, me faz agir como uma louca esteja eu onde estiver.
Uma caricia entre os nossos lábios é inicio da dança dos nossos corpos pois tu quando vens e mordiscas a minha boca sabes o que podes esperar.
O gosto doce da tua boca na minha desperta este delírio louco que tenho em rodear as pernas nas tuas ancas e colar-te em mim. Estejamos onde estivermos eu enlouqueço umedeço e só sossego quando entras dentro de mim e me acalmas. Vicio.
Basta um beijo teu para as minhas ancas gingarem com as tuas, para se tocarem ao de leve em segredo quando me beijas com desejo no meio da multidão.
Provocas-me. Poes-me à prova. Testas a minha loucura. Prendes-me com este desejo desconcertante que me faz perder o controlo, cegar os meus sentidos e tremer a minha alma. Sorris com a provocação e perdes-te de tesão no meu ar esfomeado de desejo porque tu sabes que o teu beijo é doença e o teu sexo a minha cura.

 

A Vizinha