Pára!

Pára. Olha para mim E diz que me amas. Não olhes para trás Enquanto a chamas. Pára. Pega-me na mão Leva-me numa viagem celestial. Não pegues na mão dela Nem a leves numa viagem angelical.[…]

Continue reading …

A minha promessa

Um dia destes cumpro a promessa de te tentar fazer feliz, nestes dias de primavera em que as giestas despontam no meio do monte, sentamo-nos à sombra do carvalho e enquanto te desmancho a trança[…]

Continue reading …

Ainda te sinto dentro de mim…

Quando os nossos olhos se cruzam o tempo pára, ali, naquele instante nada mais existe à nossa volta…. Um olhar que me despe, que me queima e me beija….. Um olhar que me corta a[…]

Continue reading …

Não consigo parar de te olhar

Não consigo parar de te olhar, O meu coração dispara, inconscientemente sorrio ao ver-te dormir ao meu lado. Recordo as noites escaldantes nestas quatro paredes. As nossas noites de fetiches. Não consigo parar de te[…]

Continue reading …

O que é que fizeste?

Artista: Mark Horst Que silêncio insuportável é este, que antes era reconfortante e agora deixa-me inquieta? Que silêncio é este que tem o teu nome a rugir no meu peito? Peço-lhe para parar mas ainda grita[…]

Continue reading …