Exteriorizações da memória

Confesso que precisei de saber. Precisei de saber se realmente valeria a pena esperar e lutar por ti. Não foi fácil estar horas deitado no sofá a ouvir aquelas memoriosas músicas do VH1 que me lembravam o quanto inocente e ignorante era eu na Arte da Sedução (sim, seduzir é uma arte, resistir faz parte)…

Não te percas de mim, perde-te em mim…

Perde-te na noite e na madrugada, mas conta as pedras da calçada. Por mais que te afastes do meu caminho, acabas sempre por voltar ao ninho.

A química da Mente

  O sabor que sentes num beijo , rebusca-te o pensamento e trás à boca toda a química que sentes fluir da pessoa que estás a beijar … que beijas com querer!!! Chamam-lhe “borboletas” , mas é a química da Mente! A química que flui, mesmo sem um contacto físico, descontrola por completo a capacidade…

Deixas?

Tu! Sim, tu! Será que me “lês”? Será que sentes o que escrevo? Deixas-me imiscuir nos meandros da tua mente, nos lugares mais recônditos, que ocultas aos demais, e revelar esse teu lado que me fascina? Será que consigo? Uso as palavras na esperança de ser lida, e que através delas consiga levantar esse véu,…

Apenas eu!

Inspirar e sentir … no despertar, é o meu momento do dia … Ali , tudo pára , tudo tem um encanto especial, as palavras ditas ganham sentido! Os desejos ganham vida e a tua voz, invade-me juntamente com a tua boca, a tua pele! É um momento único … só meu, onde me banho…

Beija-me

Beija-me Como se o amanhã Não fosse chegar E hoje fosse o derradeiro dia Para me amar.

Quando os meus olhos se fecham….

Quando a noite cai e os meus olhos se fecham, vejo-te a correr livremente pelo meu pensamento, de cabelo solto ao vento, feliz como as chitas de Shamwari. Vagueias em mim de pés descalços, de seios despidos, de sorriso rasgado e com o sol a clarear esse teu corpo de menina feito mulher. Teimas em…