Entrega em crescendo…

|M18 | Escuta…. Sente…. Deixa-te levar pelos sentimentos, pela luxúria. Hoje quero que sejas a minha coelhinha. Vem.. nessa pele branca e rosa. Deixa-me acariciar-te, ouvir o teu gemer. Sentir esse corpo frágil, trémulo debaixo[…]

Continue reading …

Vidas

Vidas paralelas, Vidas desencontradas…. Todos os dias encontramos pessoas amigas, pessoas tranquilas, complicadas, sofridas, amadas…cada relação é uma aula de aprendizagem. Há quem seja negativa e se nutre da escuridão, mas há o reverso de[…]

Continue reading …

Mar Revolto

Aqui, enquanto vislumbro a violência das ondas que embatem na rocha no seu movimento repetitivo,  com a sua sonoridade única que me acalma e transporta suavemente para outra dimensão. Enquanto a minha filha de quatro patas[…]

Continue reading …

escritora? Eu? Nada disso.

Hoje escrever é como conversar com um velho amigo, o papel sabe tudo em primeira mão, a caneta sente a força das minhas emoções e a tinta são as lágrimas e sorrisos que me acolhem.[…]

Continue reading …

Ele é apenas apaixonado por um amor que já sabe que existe.

  Nem sempre quando escrevo é sobre um rosto específico, na verdade foram vários os rostos que à sua maneira me marcaram e deixaram de si em mim. Então pego nos vários pedaços das várias[…]

Continue reading …

Tira-me o véu…

  Tira me o véu . Tira o véu que me cobre o rosto e vê o quanto ele esconde . Vê as rugas que ficaram dos anos que foram passando . Vê a mágoa[…]

Continue reading …