Saudade – Pablo Neruda

Saudade – O que será… não sei… procurei sabê-lo em dicionários antigos e poeirentos e noutros livros onde não achei o sentido desta doce palavra de perfis ambíguos. Dizem que azuis são as montanhas como[…]

Continue reading …

Para os amantes que partilham um copo de vinho: Uma ode ao vinho | Pablo Neruda |

Vinho cor do dia vinho cor da noite vinho com pés púrpura o sangue de topázio vinho, estrelado filho da terra vino, liso como uma espada de ouro, suave como um desordenado veludo vinho encaracolado[…]

Continue reading …

Eu Simplesmente Amo-te |Pablo Neruda |

Eu amo-te sem saber como, ou quando, ou a partir de onde. Eu simplesmente amo-te, sem problemas ou orgulho: eu amo-te desta maneira porque não conheço qualquer outra forma de amar sem ser esta, onde[…]

Continue reading …

Eu Simplesmente Amo-te

Fotografia: Via Pinterest Eu amo-te sem saber como, ou quando, ou a partir de onde. Eu simplesmente amo-te, sem problemas ou orgulho: eu amo-te desta maneira porque não conheço qualquer outra forma de amar sem[…]

Continue reading …