Adoro como me acordas!

Beijaste-me o umbigo… e acordei! A tua pele queimava, colava na minha ….. Deslizas-te pelo meu corpo, descendo , beijando o meu desejo que estava a ser despertado … Encaixas-te no meu ventre ….

Sous le ciel de Paris

E lá estava ela. O olhar brilhante, o sorriso doce, as madeixas douradas a ondular ao sabor da brisa, o casaco vermelho a combinar com a boina, o corpo esbelto e perfeito. Na ponte sobre o rio Sena lá estava ela, a contemplar a Torre Eiffel, como sempre fazia ao fim da tarde. A neve caía-lhe…

15 Minutos

Qual a possibilidade de seres melhor do que a minha expectativa? Não julgava possível até ao momento que te vi, te ouvi, que te olhei nos olhos e apreciei toda a tua beleza. Desde o sorriso ao olhar, à inteligência das tuas palavras, ao tom da tua voz e pela forma como seguras o cigarro,…

De férias mas perto do teu corpo

Texto Erótico|M18 Estamos de férias, finalmente. Escolhemos Varadero. Clima quente, as melhores praias, ideal para relaxar depois de um ano inteiro de trabalho. Estamos casados à 2 anos, dois Touros, dois teimosos mas muito apaixonados. Desde o primeiro momento que nos conhecemos que nunca mais desgrudamos, não saberia viver sem ti. Chegamos ao hotel, pousamos…

Tentações laborais

Aquele teu primeiro dia de trabalho, nunca vou esquecer.  Entraste no Gabinete de Desenho confiante e determinado, o que te tornou ainda mais sexy á primeira vista. Tinhas a barba por fazer, lábios cheios, porte alto e olhos doces. Lindo de morrer! Sempre que nos olhávamos havia desejo, desde o primeiro momento te desejei, e…

Jantares da 69 Letras

Texto Erótico | M18 Neste texto ficou bem patente de como são os jantares dos moradores do prédio da 69letras. Hoje foram todos desafiados pelo Vizinho a escrever olhos nos olhos e o resultado foi um misto de tesão, desejo, vontades e prazeres. Ainda se tentou colocar ordem mas foi impossível… Estava tudo ao rubro!

Amores Impossíveis

Olá meu Amor! Acreditas que não me sais da cabeça? Não houve minuto neste dia que não pensasse no teu sorriso e meus lábios não tivessem sorrido, nos teu olhar e meus olhos não tivessem brilhado, no teu cabelo e meu dedo não o sentisse a arrumá-lo por detrás da tua orelha, na tua face…