eu ganho por fazer parte da tua arte.

  És um guloso pelo prazer mas muito mais pela mulher. E eu deixo-me ser o alimento da tua gula, deixo que me desembrulhes devagar sem pressa de acabar. Deixo que os teus dedos moldem os meus contornos e que o teu toque seja navegador no meu corpo. E nesta paixão que tens pela mulher,…