Arquivo de etiquetas: morena

Descontrolas-me…

Menina maneira,
Danças e encantas de saia branca.
Pele morena, suada.
Pareces exausta, diz-me o que te incomoda.
Os teus olhos dizem me que farta de algo estas.
O que procuras nesta vida de passos trocados ?
Vês algo que procuras em mim?
Olho para ti,
O sabor de verão passa-me pela língua.
Descontrolas-me…
Imagino-te sem essa saia branca… será que o teu interior combina com o teu exterior?

 

#ImaginaçãoDeUmaRaparigaDespenteada

© Krishna 2017 #69Letras

Morena de nascença, frontal sem ofensa!

Menina teimosa,
De sedução no olhar.
Morena de nascença,
Frontal, sem ofensa!
Se assim sou, parte de mim sempre o foi
E só agora melhorou.
Sê parte de mim,
Completa-me nas minhas diferenças.
Esquece essas divergências
Proporciona energia….
E espalha magia!

© Krishna 2017 #69Letras


Os teus lábios são o teu cartão de visita.

fda37f41257416b8e85fff7f5352677b

Impossível esquecer a bela Margarida, morena magra com curvas deliciosas, olhos doces e penetrantes, lábios perfeitamente desenhados, sorriso escondido pela timidez mas impossível de resistir, cabelos negros e suaves como a seda que lhe escondem o rosto, e subtilmente discreta.
Foi quando ela estava a picar o gelo para as bebidas que me aguçou a curiosidade.
O jeito como a bela Margarida colocou o cabelo atrás da orelha acordou os meus instintos de predadora, revelou um delicioso pescoço acompanhado por uns ombros que dão vontade de morder, o que me fez perguntar o que mais esconde aquela Margarida.
‘vou-te beijar’, deixei escapar quando me levantei e fui para junto dela. Retornei ao meu lugar e deixei-a estar entre o gelo e as palavras que lhe deixei.
A festa estava animada e o som das pessoas satisfeitas ecoava no ar, mas ela deixou se estar ali, perto de mim, encostada à bancada da cozinha sem nada dizer.
‘és minha’ pensei.
Fui para junto dela, levanto-lhe o rosto escondido pela timidez, com a mão esquerda seguro-lhe os cabelos na nuca e exponho a beleza daquele rosto com a mão direita trago a boca dela à minha… Doce e intensa Margarida de fazer ferver o sangue ao sentir a ansiedade dela no peito a arfar contra o meu. Deliciosa morena que se rendeu aos meus caprichos.
Beijo doce e delicioso… Fui provar o resto….

Meu Deus, juro que nem sou religioso, mas puseste bem os olhos no brilho desta mulher??

Sinto-me vivo.

Eu que tinha jurado a mim mesmo não deixar mais ninguém entrar pela minha vida dentro.
Enquanto esperava por ti não fazia ideia no que me estava a meter, no furacão que aí vinha.

Meu Deus, eu que nem sou religioso, puseste bem os olhos nela?

Ao tempo que a minha alma não olhava para ninguém com tanto encanto, pensei até que me tivesse abandonado.

Meu Deus, juro que nem sou religioso, mas puseste bem os olhos no brilho desta mulher??

Perdi-me no seu sorriso… Voltei a mim na suavidade da sua pele morena.
Ainda estou meio tolo…

Perdi-me no tempo ontem, por favor deixem-me estar!

KingOfMysteries #69Letras