Arquivo de etiquetas: mel

Um daqueles dias…

Hoje estou num daqueles dias. Sabem? Aqueles onde só nos apetece ficar em casa a dormir. Esta tanto frio, e eu tão constipada. O meu nariz parece uma torneira enquanto escrevo isto. Estou fodida – e não no bom sentido. Tenho o meu corpo todo a pedir a cama, a cabeça a latejar de dor. E neste dia até me arrependo de ter um piercing no nariz – entendem porque, não? Só de pensar que me tenho de levantar, vestir, passear o cão e ir trabalhar até fico doente. Ah não espera, doente já estou! Bem mas sabem que mais?

Hoje é dia da mulher!

Por isso vou-me arranjar, passear o meu amor e vou trabalhar. Mas só depois de beber o meu café e preparar um chã de gengibre e limão com um pouco de mel. (Receita sagrada da minha mãe para todos os males.) Sou mulher e sou forte. E se esta constipação não piorar eu vou ultrapassar este dia.

Um bom dia a todas as mulheres!

xo

© Peregrinus 2017 #69Letras

Ter-te…

Tenho-te em mim, tenho-te no olhar, no ser inerente, do momento presente, no olhar que te toca, neste corpo carente, que procura o sossego, do abraço e do apego, e do olhar que me vê, que não sei como me lê.

Tenho-te em mim, com a força da maré, que num acto de fé, me banha e transborda, os sentidos acorda, o corpo inunda de poesia, de cheiro a maresia, revelando o meu ser, toda a minha candura, que me entrelaça em ti, como magia pura.

Tenho-te em mim, no querer e no ser, em toda a minha essência, que sem displicência, abala o meu mundo, me rouba a inocência, e sem eu querer, à distância de um segundo, me faz tremer e é sentimento profundo.

Tenho-te em mim, entranhado na pele, essa que desfloras, os sentido afloras, tatuas com palavras, numa primavera de cores, de imensuráveis sabores, as letras que no corpo me lavras, que queimam como ferro quente, cravam o desejo premente, de provar o teu mel, doce e apetecível.

Tenho-te em mim, tudo isto no olhar, que não sei como o vês, ou sequer se me lês, resta-me imaginar.

 

Miss Kitty #69Letras

15 Chocolates…

Texto Erótico | M18

Estou farta de estar à espera!!! Disseste que estavas a sair há uma hora atrás quando por norma demoras 10 minutos! Preparei-me para te receber, a pele a cheirar a mel, a lingerie rendada turquesa que me ofereceste sobre a mesma!
Já liguei várias vezes, e vai directamente ao Voice Mail… confesso que neste momento começo a preocupar-me… onde estás?

Será que ela vai gostar do belo ramo de orquídeas, dos bombons e do champanhe? Estou tão nervoso! O meu coração bate a mil e meu tesão lateja de tanto desejo! Hoje será especial, tem que ser!

E logo hoje, esta noite, é que te atrasas! Fazemos 15 anos, são muitos dias de nós os dois! E o impressionante é que te sinto hoje tal qual o primeiro dia! Ainda dou comigo a sentir aquele friozinho na barriga, as ditas borboletas no estômago! E o tesão, ahhhmmm! esse explode assim que me preparo para ti, assim que imagino as tuas mãos na minha pele!
As chaves na porta, chegaste!

Abro a porta e dou de caras com a minha Musa com a bela renda no corpo… Todos os dias me apaixono por ela, arrebata-me e deixa-me sem fôlego.
“- Olá meu Amor…
– Olá meu doce… Toma estas flores… São lindas mas não se comparam a ti… Prova este chocolate… É saboroso mas não tem o teu sabor… Prova este champanhe… É delicioso mas não tem o teu trago maravilhoso… Anda e vamos nos deliciar e saborear esta noite…”

Em segundos tirei o robe que trazia sobre o corpo, deixando-me assim a descoberto para ti!
-Olá meu Amor… Orquídeas acompanhadas de chocolate e champanhe, agora percebo a demora! Sabes tão bem como me mimar!
-Sim meu Amor, vamos saborear os chocolates e o champanhe mas deixa-me antes saborear os teus lábios, a tua boca com o beijo!
A forma como as tuas mãos deslizam no meu corpo enquanto nos saboreamos num beijo quente e intenso deixa me louca! Levo a tua mão até entre as minhas pernas, e faço-te sentir o quão louca de desejo, de tesão, tu me deixas! “-Tu deixas-me assim!” sussurro-te
“- Meu doce estás tão molhada!”
Levantas-me e coloco as minhas pernas de volta da tua cintura, e sinto-te tão duro! Dás uns passos e encostas-me á parede, seguras as minhas mãos contra a parede e saboreias a minha boca, o meu pescoço, o meu peito! Sobre o soutien passas a tua língua nos meus mamilos! Gemo de prazer a cada mordisquinha que dás!!! huuuummmmm…

Teus gemidos são delirantes e hipnotizantes, Teu odor enlouquece-me de tesão e por momentos sinto-me o homem mais lascivo e safado à face da terra.
“- Babe, essa lingerie fica-te mesmo muito bem mas vai ter que sair… ”
Num ápice livras-te do sutiã, e eu te livro das cuecas, deixando-te livre de roupa e cheia de vontade de me sentires dentro de ti..

Desaperto-te as calças, que fazes por caírem de imediato, arranco-te a camisa com tamanha vontade que os botões saltam pelo chão! Baixo-te os boxers e sedenta de ti abocanho te o membro, só para te saborear e gemes á minha investida! Aiii esse teu gemido!!! Tiro-te da minha boca e de imediato meto-te em mim…

Sem dó nem piedade, fodo-te contra a parede, segurando tuas mãos em cima da tua cabeça. Gemes intensa e prazerosamente como nunca o fizeste.
“- Fode-me caralho! Fode como se fosse a última vez que o faças! Fode, entra em mim com toda a gana e vontade, e deixa-me toda partida!”
Estas palavras são gasolina para o meu fogo ardente por ti meu amor! De investida atrás de investida, gememos alto e intensamente, como a primeira vez se tratasse!
Tu vens-te e o teu orgasmo impulsiona o meu, derramando em ti todo o meu amor, desejo e tesão…

Agora sim meu amor, vamos saborear os chocolates e o champanhe que trouxeste, temos uma comemoração a fazer! Dispões 15 chocolates sobre o meu peito e barriga! Cada um equivale a 1 ano nosso, e com um trago de champanhe partilhamos…
Chocolate, Champanhe e beijos quentes.. hummmm…
“- Amor, fode-me novamente como se fosse a última vez…”

JustIlusions & O Vizinho

Posso…

13457732_10208313710819335_2067141671_n

 

Posso ser simples mas por vezes tão confusa…

Posso gostar de simplicidade e não de ostentação e luxos…

Posso ter qualidades e defeitos como qualquer comum mortal…

Posso ser forte de tão frágil que sou…

Posso ser uma brisa ou virar furacão…

Posso ser doce como mel ou acre como fel…

Posso gostar de ser o motivo do sorriso de alguém…

Posso amar e ser amada porque me permito a isso…

Posso fazer amor com intensidade ou sexo por prazer…

Posso ser Anjo que nas mãos certas vira Demónio…

Posso ser clara como o dia ou negra como a noite…

Posso ser tanta coisa mais, porque quero, porque posso e porque sou eu quem decide…

Sou eu…

Simplesmente porque posso!

 

Miss Kitty

Pudesses ser tu a toalha que me toca

365936cdef6885079a76e5c0a0ecab58

Clica no link e acompanha-nos no facebook!

Pudesse esta toalha com que me sirvo para enxugar a pele ser as tuas mãos a percorre-la agora cheirosa pronta para que a voltes a manchar.
Pudesse esta toalha macia ter a firmeza do teu toque a massajar este corpo fazendo evaporar com o fogo que emanas estas gotas que por mim escorrem.
Pudesse o teu nariz inspirar cada poro da minha pele perfumada com a loção de mel que tanto te deixa de água na boca.
Pudesses estar aqui a secar a minha pele e este desejo que tenho entre as coxas.

O que é que estás a fazer?

64d9852d661daaf189d480468a70c373

Não me quero sentar ao teu lado ou à tua frente, mas em cima de ti!
Não quero nada entre nós, nem mesmo o ar.
De ti, quero pele com pele, calor na pele, suor a lavar a pele.
Vem cá.
Estás-te a vestir? Para quê?
Vem apenas com a tua pele e com o teu perfume.
Aviso-te já que se precisas de espaço não podes estar no mesmo local que eu, porque onde quer que estejamos, vou-te desapertar as calças e colar-me ao teu corpo.
Não é a mel que me sabes.
Sabes a pecado.
O que é que estás a fazer?
Apetece-me gelado com sabor a pecado!