Um dia destes instalo-me em ti.

Um dia destes faço as malas para as desfazer numa vida ao teu lado. Um dia destes toco-te à campainha com os braços cansados carregados de bagagem, entrego-te e proclamas-me rainha do nosso lar. Um dia destes escondes-me as roupas e despida de medo vestes-me de ti. Jamais acordarei sozinha num tormento de saudades, abrirei os…

Acho que lhe vou tirar a caneta das mãos

  Lá está ela rodeada de pessoas, sentada numa mesa com uma vela acesa e copos vazios pelas bocas sedentas daquele bar, e ao lado dela, as colunas a rebentar nos seus ouvidos. Lá está ela, unhas e cabelo arranjado, sentada na mesa, nos pés uns clássicos saltos altos pretos, e no seu corpo um…