Sensualidade…

Sensualidade não passa de mera atitude, que sem adornos ou acessórios, se torna uma efémera virtude, sem querer conquista e seduz, como invisível raio de luz, cativa olhares amiúde, não olhando a pesos e medidas, e exala cheiro a madrugadas floridas. É estado de espírito inato, no seu sentido mais lato, fogo onde se quer…

Não vale a pena estares aí e eu aqui.

Não te iludas. O que sentiste comigo nunca mais se vai repetir noutro corpo. A explosão nuclear que vivemos só acontece uma vez, mas se algum dia voltares a viver algo na mesma medida, liga-me, manda-me um e-mail ou sms e cala a minha presunção. Nós dois, no mesmo espaço, fodemos a alma antes do…