É isto que queres para ti?

Estas noites passam E seriamente a minha cabeça tonta pergunta-me: “É isto que queres para ti?” Sem resposta, suspiro e sem dar por isso faço o meu rabo de cavalo em cima do teu quadril. Essa visão, esses olhos castanhos mornos, peito solene… essa visão não consigo apagar. Não sei se és tu quem eu…