beijos que encerram os copos vazios.

Aqui estamos nós embrulhados no tapete do chão da sala iluminados pela tarde cinzenta que corre lá fora. Gosto tanto das nossas tardes sem roupa, perdidos no nosso vinho preferido entre beijos frutados e desejos[…]

Continue reading …

Hoje é dia do segundo encontro.

Encontro dividido por capítulos, cautelosamente adivinhado. Ainda tenho o primeiro encontro a respirar na minha pele, naquela noite, só me dei conta da loucura que estava prestes a acontecer quando desliguei o carro. O corpo[…]

Continue reading …

Despe-me. Despe-te

Vem depressa. Carrega-me nos teus braços e deita-me na nossa cama. Despe-me. Despe-te. Tal como as nuvens quando tapam o sol, cobre a minha pele clara com o teu corpo vindo da noite. Cobre-me com[…]

Continue reading …

Gosto de escrever e de me inventar no papel.

O que sou, quem sou, poucos o sabem e confesso nem eu mesma o saber. O que sei, é que dentro de mim existe um mundo ilimitado de personalidades e de quereres. Não sei o[…]

Continue reading …

“O amor é uma arte e nem todo mundo é artista”

  “O amor é uma arte e nem todo mundo é artista” Li algures… Tornei-me um artista no dia em que te conheci. O amor é tão avassalador… Quer no bem como no mal. É[…]

Continue reading …

Amar e ser amado? Para dançar o tango são precisos dois.

Era o meu amor inteiro e o teu migalhas era eu feliz e deslumbrada pelo que sentia por ti, não pelo amor que me entregavas mas pelo que experienciava dentro de mim. Oh! Eu amei-te[…]

Continue reading …