Arquivo de etiquetas: linha

Não te prives e por favor sê feliz!

Pediste tempo,
Tempo te dei, não te cobrei.
Todo o amor perdido.
Todos os segundos dados de boa fé,
De coração cheio.
Cheio de afecto.
Esse que te falta, como o tempo que me pedes.
Tens todo ele.
Não te prives e por favor sê feliz!
Com o teu tempo, junta-lhe espaço e afasta-te.
Não contes os passos e caminha sobre essa fina linha que divide a mentira da verdade e cai do lado em que te convém.

 

©Krishna 2017 #69Letras

Existir alguém que se queira viciar em tudo o que és…!

12631555_1654296581482739_125314832013827943_n

 

 

 

Existir alguém que vê em ti beleza por seres humana, uma pessoa real defeituosa e querer-te assim sem seres perfeita é dos mais belos sonhos.

Existir alguém que se queira viciar em tudo o que és, descobrir-te como a um livro, a cada linha empolgado por mais, folhear-te co, admiração, ler-te nas entrelinhas, dar-te a mão e viajar contigo é do mais precioso que há.

Sorrires porque és divinamente desejada e que de todas as escolhas só podias ser tu a escolhida a única companheira capaz de se aventurar numa viagem sem regresso, partir sem saber quando voltar, cegamente caminhar disposta a estar ao seu lado e aguentar as tempestades, as lágrimas a sede e o cansaço.

Existir alguém que te quer ver a voar guiar-te pelos desafios, ver-te libertar e se libertar de tudo o que o envolve apenas para mergulhar na imensidão do que sentem e ali ficarem com o eternos amantes é o que mais desejo.

?A Vizinha #69Letras

Nas relações nem sempre é Primavera!

wpid-13d4d9e3936483431325851c95d3025c

 

Daqui em diante vamos ver a nossa história crescer linha a linha, aumentando a cada novo parágrafo. Seremos as personagens da nossa história. A tinta já começou a correr, as vírgulas e os pontos finais já são pontuados e as interrupções e exclamações parte dos nossos momentos.

Ao primeiro beijo somamos muitos e muitos outros, depois do primeiro abraço vieram tantos mais e serão outros tantos os que estão para chegar. Após a primeira gargalhada juntaram-se muitas mais risadas. À primeira noite de amor, mil e uma noites de amor serão poucas…

Mas não somaremos bons momentos às contas da nossa vida, juntar-se-ao muitos outros momentos menos bons aos nossos dias.

Prepara-te porque escreveremos a primeira discussão que não será ficção e a ela surgirão muitas mais, vão surgir as primeiras lágrimas como resultado da jorrada de palavras ditas com a cabeça quente. Talvez venhamos a pensar desistir mais do que uma vez, mesmo que seja por escassos segundos, iremos morrer de ciúmes e discordar uma em outra vez.

Mas continuaremos a acrescentar páginas ao nosso livro, não será fácil como parece, vamos sorrir muito mas também existirão dias em que não quereremos sorrir um com o outro.

Desejo que na jornada que estamos a começar que nos lembremos SEMPRE de nos respeitarmos e que quando estivermos em conflito nunca esqueçamos de todos os motivos que nos juntaram.

Que os dias menos bons nunca se sobreponham aos bons momentos!

A Vizinha